Receitas tradicionais

Rissóis de rabo de boi

Rissóis de rabo de boi

Em uma frigideira, grelhe e grelhe a rabada de boi por 3-5 minutos.

Em uma panela, coloque o caldo de galinha, o molho de soja Pickapeppa, o vinho tinto, o alho, o açúcar mascavo, a cenoura, o anis, o purê de manga, a pimenta Scotch Bonnet e as rodelas de gengibre.

Mexa para misturar os ingredientes.

Leve para ferver e depois reduza para ferver.

Adicione a rabada tostada na panela. Tampe e deixe cozinhar em fogo baixo por 2-3 horas até ficar macio. A carne deve ficar tenra quando cortada com um garfo.

Retire a rabada do molho. Desossar a carne e pique grosseiramente em pedaços pequenos, depois junte o molho e deixe esfriar.

O recheio de rabada está agora pronto para ser colocado nos círculos de massa folhada.

Pré-aqueça o forno a 370 graus F.

Pegue a folha de massa folhada pré-feita e coloque-a sobre uma mesa enfarinhada ou tábua de cortar.

Corte círculos de 3 polegadas.

Coloque uma colher de sopa cheia de recheio de carne em um lado do círculo.

Dobre o círculo ao meio e pressione um garfo ao longo das bordas da massa para selar. Delicadamente, use o garfo para furar o topo da massa para permitir que o vapor saia.

Continue até que todos os círculos de massa e recheio se esgotem.

Coloque em uma única camada sobre a assadeira e pincele com lavagem de ovo e leve ao forno pré-aquecido até que os pastéis comecem a dourar (cerca de 20 minutos).

Coloque os hambúrgueres em uma travessa e decore com folhas verdes. Aproveitar!!!


Rabada de boi assada

Embora antigamente a rabada fosse literalmente a cauda de um boi, hoje em dia ela se refere a qualquer cauda vinda de qualquer gado, macho ou fêmea, mas geralmente de um boi. Rabada de boi é um pedaço de carne singular, mas maravilhoso. Grosso em uma extremidade e fino na outra com um osso descendo no centro, a rabada é vendida cortada em seções, o que significa que você geralmente obterá alguns pedaços grandes e carnudos e alguns realmente pequenos. Como o processamento desse corte exige muito trabalho, pois precisa ser esfolado e abatido com habilidade, a cauda é um dos cortes de carne mais caros por quilo - e 50% de seu peso é apenas osso. Mas é também um dos cortes mais suculentos quando bem preparado.

Antes considerado apenas restos de uma vaca abatida, o apelo da rabada foi descoberto por chefs e gourmands e se tornou um produto básico na culinária moderna, mesmo que as culturas caribenha, espanhola e hispânica tenham tratado esse corte com reverência por centenas de anos.

A rabada tem muita cartilagem e tecido conjuntivo, por isso precisa ser cozida baixa e lentamente por um longo tempo usando calor úmido. Um desses métodos é o refogado, que derrete todos aqueles pedacinhos vigorosos e os transforma em gelatina, produzindo uma carne saborosa e um molho muito rico e delicioso. Panelas de pressão também são uma opção para cozinhar rabo de boi, mas nada supera o tempo e a paciência. Rabada é melhor servida com algo para absorver o molho, como macarrão, purê de batata assada com alho ou polenta cremosa.


Rabada de boi assada

Embora antigamente a rabada fosse literalmente a cauda de um boi, hoje em dia ela se refere a qualquer cauda vinda de qualquer gado, macho ou fêmea, mas geralmente de um boi. Rabada de boi é um pedaço de carne singular, mas maravilhoso. Grosso em uma extremidade e fino na outra com um osso descendo no centro, a rabada é vendida cortada em seções, o que significa que você geralmente obterá alguns pedaços grandes e carnudos e alguns realmente pequenos. Como o processamento desse corte é trabalhoso, pois precisa ser esfolado e abatido com habilidade, a cauda é um dos cortes de carne mais caros por quilo - e 50% de seu peso é apenas osso. Mas é também um dos cortes mais suculentos quando bem preparado.

Antes considerado apenas restos de uma vaca abatida, o apelo da rabada foi descoberto por chefs e gourmands e se tornou um produto básico na culinária moderna, mesmo que as culturas caribenha, espanhola e hispânica tenham tratado esse corte com reverência por centenas de anos.

A rabada tem muita cartilagem e tecido conjuntivo, por isso precisa ser cozida baixa e lentamente por um longo tempo usando calor úmido. Um desses métodos é o refogado, que derrete todos aqueles pedacinhos vigorosos e os transforma em gelatina, produzindo uma carne saborosa e um molho muito rico e delicioso. Panelas de pressão também são uma opção para cozinhar rabo de boi, mas nada supera o tempo e a paciência. Rabada é melhor servida com algo para absorver o molho, como macarrão, purê de batata assada com alho ou polenta cremosa.


Rabada de boi assada

Embora antigamente a rabada fosse literalmente a cauda de um boi, hoje em dia ela se refere a qualquer cauda vinda de qualquer gado, macho ou fêmea, mas geralmente de um boi. Rabada de boi é um pedaço de carne singular, mas maravilhoso. Grosso em uma extremidade e fino na outra com um osso descendo no centro, a rabada é vendida cortada em seções, o que significa que você normalmente obterá alguns pedaços grandes e carnudos e alguns realmente pequenos. Como o processamento desse corte exige muito trabalho, pois precisa ser esfolado e abatido com habilidade, a cauda é um dos cortes de carne mais caros por quilo - e 50% de seu peso é apenas osso. Mas é também um dos cortes mais suculentos quando bem preparado.

Antes considerado apenas restos de uma vaca abatida, o apelo da rabada foi descoberto por chefs e gourmands e se tornou um produto básico na culinária moderna, mesmo que as culturas caribenha, espanhola e hispânica tenham tratado esse corte com reverência por centenas de anos.

A rabada tem muita cartilagem e tecido conjuntivo, por isso precisa ser cozida baixa e lentamente por um longo tempo usando calor úmido. Um desses métodos é o refogado, que derrete todos aqueles pedacinhos vigorosos e os transforma em gelatina, produzindo uma carne saborosa e um molho muito rico e delicioso. Panelas de pressão também são uma opção para cozinhar rabo de boi, mas nada supera o tempo e a paciência. Rabada é melhor servida com algo para absorver o molho, como macarrão, purê de batata assada com alho ou polenta cremosa.


Rabada de boi assada

Embora antigamente a rabada fosse literalmente a cauda de um boi, hoje em dia ela se refere a qualquer cauda vinda de qualquer gado, macho ou fêmea, mas geralmente de um boi. Rabo de boi é um pedaço de carne singular, mas maravilhoso. Grosso em uma extremidade e fino na outra com um osso descendo no centro, a rabada é vendida cortada em seções, o que significa que você normalmente obterá alguns pedaços grandes e carnudos e alguns realmente pequenos. Como o processamento desse corte exige muito trabalho, pois precisa ser esfolado e abatido com habilidade, a cauda é um dos cortes de carne mais caros por quilo - e 50% de seu peso é apenas osso. Mas é também um dos cortes mais suculentos quando bem preparado.

Antes considerado apenas restos de uma vaca abatida, o apelo da rabada foi descoberto por chefs e gourmands e se tornou um produto básico na culinária moderna, mesmo que as culturas caribenha, espanhola e hispânica tenham tratado esse corte com reverência por centenas de anos.

A rabada tem muita cartilagem e tecido conjuntivo, por isso precisa ser cozida baixa e lentamente por um longo tempo usando calor úmido. Um desses métodos é o refogado, que derrete todos aqueles pedacinhos vigorosos e os transforma em gelatina, produzindo uma carne saborosa e um molho muito rico e delicioso. Panelas de pressão também são uma opção para cozinhar rabo de boi, mas nada supera o tempo e a paciência. Rabada é melhor servida com algo para absorver o molho, como macarrão, purê de batata assada com alho ou polenta cremosa.


Rabada de boi assada

Embora antigamente a rabada fosse literalmente a cauda de um boi, hoje em dia ela se refere a qualquer cauda vinda de qualquer gado, macho ou fêmea, mas geralmente de um boi. Rabada de boi é um pedaço de carne singular, mas maravilhoso. Grosso em uma extremidade e fino na outra com um osso descendo no centro, a rabada é vendida cortada em seções, o que significa que você geralmente obterá alguns pedaços grandes e carnudos e alguns realmente pequenos. Como o processamento desse corte exige muito trabalho, pois precisa ser esfolado e abatido com habilidade, a cauda é um dos cortes de carne mais caros por quilo - e 50% de seu peso é apenas osso. Mas é também um dos cortes mais suculentos quando bem preparado.

Antes considerado apenas restos de uma vaca abatida, o apelo da rabada foi descoberto por chefs e gourmands e se tornou um produto básico na culinária moderna, mesmo que as culturas caribenha, espanhola e hispânica tenham tratado esse corte com reverência por centenas de anos.

A rabada tem muita cartilagem e tecido conjuntivo, por isso precisa ser cozida baixa e lentamente por um longo tempo usando calor úmido. Um desses métodos é o refogado, que derrete todos aqueles pedacinhos vigorosos e os transforma em gelatina, produzindo uma carne saborosa e um molho muito rico e delicioso. Panelas de pressão também são uma opção para cozinhar rabo de boi, mas nada supera o tempo e a paciência. Rabada de boi é melhor servida com algo para absorver o molho, como macarrão, purê de batata assada com alho ou polenta cremosa.


Rabada de boi assada

Embora antigamente a rabada fosse literalmente a cauda de um boi, hoje em dia ela se refere a qualquer cauda vinda de qualquer gado, macho ou fêmea, mas geralmente de um boi. Rabada de boi é um pedaço de carne singular, mas maravilhoso. Grosso em uma extremidade e fino na outra com um osso descendo no centro, a rabada é vendida cortada em seções, o que significa que você geralmente obterá alguns pedaços grandes e carnudos e alguns realmente pequenos. Como o processamento desse corte exige muito trabalho, pois precisa ser esfolado e abatido com habilidade, a cauda é um dos cortes de carne mais caros por quilo - e 50% de seu peso é apenas osso. Mas é também um dos cortes mais suculentos quando bem preparado.

Antes considerado apenas restos de uma vaca abatida, o apelo da rabada foi descoberto por chefs e gourmands e se tornou um produto básico na culinária moderna, mesmo que as culturas caribenha, espanhola e hispânica tenham tratado esse corte com reverência por centenas de anos.

A rabada tem muita cartilagem e tecido conjuntivo, por isso precisa ser cozida baixa e lentamente por um longo tempo usando calor úmido. Um desses métodos é o refogado, que derrete todos aqueles pedacinhos vigorosos e os transforma em gelatina, produzindo uma carne saborosa e um molho muito rico e delicioso. Panelas de pressão também são uma opção para cozinhar rabo de boi, mas nada supera o tempo e a paciência. Rabada é melhor servida com algo para absorver o molho, como macarrão, purê de batata assada com alho ou polenta cremosa.


Rabada de boi assada

Embora antigamente a rabada fosse literalmente a cauda de um boi, hoje em dia ela se refere a qualquer cauda vinda de qualquer gado, macho ou fêmea, mas geralmente de um boi. Rabo de boi é um pedaço de carne singular, mas maravilhoso. Grosso em uma extremidade e fino na outra com um osso descendo no centro, a rabada é vendida cortada em seções, o que significa que você normalmente obterá alguns pedaços grandes e carnudos e alguns realmente pequenos. Como o processamento desse corte é trabalhoso, pois precisa ser esfolado e abatido com habilidade, a cauda é um dos cortes de carne mais caros por quilo - e 50% de seu peso é apenas osso. Mas é também um dos cortes mais suculentos quando bem preparado.

Antes considerado apenas restos de uma vaca abatida, o apelo da rabada foi descoberto por chefs e gourmands e se tornou um produto básico na culinária moderna, mesmo que as culturas caribenha, espanhola e hispânica tenham tratado esse corte com reverência por centenas de anos.

A rabada tem muita cartilagem e tecido conjuntivo, por isso precisa ser cozida baixa e lentamente por um longo tempo usando calor úmido. Um desses métodos é o refogado, que derrete todos aqueles pedacinhos vigorosos e os transforma em gelatina, produzindo uma carne saborosa e um molho muito rico e delicioso. Panelas de pressão também são uma opção para cozinhar rabo de boi, mas nada supera o tempo e a paciência. Rabada é melhor servida com algo para absorver o molho, como macarrão, purê de batata assada com alho ou polenta cremosa.


Rabada de boi assada

Embora antigamente a rabada fosse literalmente a cauda de um boi, hoje em dia ela se refere a qualquer cauda vinda de qualquer gado, macho ou fêmea, mas geralmente de um boi. Rabada de boi é um pedaço de carne singular, mas maravilhoso. Grosso em uma extremidade e fino na outra com um osso descendo no centro, a rabada é vendida cortada em seções, o que significa que você geralmente obterá alguns pedaços grandes e carnudos e alguns realmente pequenos. Como o processamento desse corte é trabalhoso, pois precisa ser esfolado e abatido com habilidade, a cauda é um dos cortes de carne mais caros por quilo - e 50% de seu peso é apenas osso. Mas é também um dos cortes mais suculentos quando bem preparado.

Antes considerado apenas restos de uma vaca abatida, o apelo da rabada foi descoberto por chefs e gourmands e se tornou um produto básico na culinária moderna, mesmo que as culturas caribenha, espanhola e hispânica tenham tratado esse corte com reverência por centenas de anos.

A rabada tem muita cartilagem e tecido conjuntivo, por isso precisa ser cozida baixa e lentamente por um longo tempo usando calor úmido. Um desses métodos é o refogado, que derrete todos aqueles pedacinhos vigorosos e os transforma em gelatina, produzindo uma carne saborosa e um molho muito rico e delicioso. Panelas de pressão também são uma opção para cozinhar rabo de boi, mas nada supera o tempo e a paciência. Rabada de boi é melhor servida com algo para absorver o molho, como macarrão, purê de batata assada com alho ou polenta cremosa.


Rabada de boi assada

Embora antigamente a rabada fosse literalmente a cauda de um boi, hoje em dia ela se refere a qualquer cauda vinda de qualquer gado, macho ou fêmea, mas geralmente de um boi. Rabada de boi é um pedaço de carne singular, mas maravilhoso. Grossa em uma extremidade e estreita na outra com um osso descendo no centro, a rabada é vendida cortada em seções, o que significa que você normalmente obterá alguns pedaços grandes e carnudos e alguns realmente pequenos. Como o processamento desse corte é trabalhoso, pois precisa ser esfolado e abatido com habilidade, a cauda é um dos cortes de carne mais caros por quilo - e 50% de seu peso é apenas osso. Mas é também um dos cortes mais suculentos quando bem preparado.

Antes considerado apenas restos de uma vaca abatida, o apelo da rabada foi descoberto por chefs e gourmands e se tornou um produto básico na culinária moderna, mesmo que as culturas caribenha, espanhola e hispânica tenham tratado esse corte com reverência por centenas de anos.

A rabada tem muita cartilagem e tecido conjuntivo, por isso precisa ser cozida baixa e lentamente por um longo tempo usando calor úmido. Um desses métodos é o refogado, que derrete todos aqueles pedacinhos vigorosos e os transforma em gelatina, produzindo uma carne saborosa e um molho muito rico e delicioso. Panelas de pressão também são uma opção para cozinhar rabo de boi, mas nada supera o tempo e a paciência. Rabada é melhor servida com algo para absorver o molho, como macarrão, purê de batata assada com alho ou polenta cremosa.


Rabada de boi assada

Embora antigamente a rabada fosse literalmente a cauda de um boi, hoje em dia ela se refere a qualquer cauda vinda de qualquer gado, macho ou fêmea, mas geralmente de um boi. Rabo de boi é um pedaço de carne singular, mas maravilhoso. Grosso em uma extremidade e fino na outra com um osso descendo no centro, a rabada é vendida cortada em seções, o que significa que você geralmente obterá alguns pedaços grandes e carnudos e alguns realmente pequenos. Como o processamento desse corte exige muito trabalho, pois precisa ser esfolado e abatido com habilidade, a cauda é um dos cortes de carne mais caros por quilo - e 50% de seu peso é apenas osso. Mas é também um dos cortes mais suculentos quando bem preparado.

Antes considerado apenas restos de uma vaca abatida, o apelo da rabada foi descoberto por chefs e gourmands e se tornou um produto básico na culinária moderna, mesmo que as culturas caribenha, espanhola e hispânica tenham tratado esse corte com reverência por centenas de anos.

A rabada tem muita cartilagem e tecido conjuntivo, por isso precisa ser cozida baixa e lentamente por um longo tempo usando calor úmido. Um desses métodos é o refogado, que derrete todos aqueles pedacinhos vigorosos e os transforma em gelatina, produzindo uma carne saborosa e um molho muito rico e delicioso. Panelas de pressão também são uma opção para cozinhar rabo de boi, mas nada supera o tempo e a paciência. Rabada é melhor servida com algo para absorver o molho, como macarrão, purê de batata assada com alho ou polenta cremosa.


Assista o vídeo: Sopa de Rabo de Boi (Setembro 2021).