Receitas tradicionais

Ofertas culinárias do Cannabis Club

Ofertas culinárias do Cannabis Club

Quando Alice B Toklas misturou uma receita de fudge de haxixe entre mousse de maçã e anedotas sobre seu bom amigo Picasso em seu livro de receitas de 1954, The Alice B Toklas Cookbook, ela provavelmente não tinha a intenção de se tornar um nome icônico no jogo dos alimentos. A receita em si deixou um legado que desde então contribuiu para a evolução dos alimentos à base de maconha.

Desde que Arizona, Califórnia, Colorado, Michigan, Novo México e 10 outros estados descriminalizaram o uso de cannabis para fins medicinais, a noção clássica de comida para maconheiros está mudando. De brownie a salsa, o mercado certamente evoluiu desde o livro de receitas de Toklas e ainda mais desde a disseminação do consumo de maconha no final dos anos 70. O esperado - alimentos ricos em sobremesa, amanteigados - se transformou junto com a tendência dominante de alimentos saudáveis.

O melhor acesso para os habitantes locais preencherem toda a sua gama nutricional é nos dispensários de maconha, que parecem estar surgindo como a Starbucks nos estados que permitem isso. E embora Los Angeles pareça ser uma das cidades com maior densidade de dispensários, eles ainda são terrivelmente exclusivos quando se trata de entradas. Para muitos pacientes, os dispensários são opcionais graças aos serviços de entrega e à comida caseira.

O chef Mike DeLao, da Cannabis Planet TV e HighTimes.com, é chef pessoal de pacientes há anos. Depois de sofrer uma lesão esportiva, o Chef Mike começou a comer alimentos, mas descobriu que estava 18 quilos mais pesado. Desde o ganho de peso, ele tem a missão de "fazer alimentos ricos em energia", com o que ele acredita ser "a semente mais nutritiva que existe". Trazer opções saudáveis ​​para a mistura produziu experiências tão positivas para os pacientes que o Chef Mike acredita "seremos capazes de reverter o câncer."

Vindo da Costa Leste, é difícil entender a cultura legal da cannabis que se desenvolveu nos últimos anos na Costa Oeste e em alguns estados do mapa. Dominar o vocabulário, como indica, sativa e híbrido, é uma espécie de ciência, e não uma que pode ser totalmente conquistada pela web. Todo o sistema permanece indefinido, já que muitas empresas de cannabis não têm sites, muitos sites não têm imagens de produtos e muitos dispensários são exclusivos para membros.

Então, como você pode entrar por trás das cortinas, para ver os acontecimentos culinários que ultrapassaram em muito a lenda de Alice B. Toklas? Bem, lembre-se de quando o poder reluzente de um atestado médico foi usado para te ajudar Fora das coisas, como a escola? Para os residentes do estado com a permissão certa, é o que os leva no. Para todos os outros, reunimos uma pequena amostra de biscoitos, chás e pizza só para você.

Clique aqui para ver a apresentação de slides das ofertas culinárias do Cannabis Club.


‘Cannabis como uma forma de arte’ este livro de receitas com receitas de chefs de Massachusetts apresenta THC, CBD e cânhamo como ingredientes

Biscoitos de chocolate em & quotA Arte de Cozinhar com Cannabis & quot, livro de receitas de Tracey Medeiros. Foto de Clare Barboza.

Tracey Medeiros começou a ver artigos pipocando que compartilhavam propriedades de bem-estar associadas à cannabis.

Já autor de vários livros de receitas, Medeiros sabia para onde levar sua atenção repentina para a planta.

“Eu pensei, por que não escrever um livro de receitas que mostrasse a cannabis e todas as suas maravilhas e pensei que era importante também apoiar e escrever sobre a comunidade alimentar em todo o nosso país”, disse Medeiros em uma entrevista por telefone. “Comecei a procurar pessoas que olhavam para a cannabis como uma forma de arte e pessoas que queriam elevar esta planta como um ingrediente culinário sério.”

Esse processo levou à criação de “The Art of Cooking with Cannabis”, um livro de receitas repleto de 125 receitas divididas em três categorias, CBD, Hemp e THC, algumas das quais foram criadas por chefs de Massachusetts. O livro chegará às livrarias locais no próximo mês e também estará disponível em grandes varejistas como Amazon e Barnes and Noble.

Medeiros inclui uma ou duas receitas próprias em seus livros, mas principalmente procura destacar o trabalho de fazendeiros, chefs e produtores de alimentos. Ela criou seu primeiro livro de receitas após se mudar para Vermont, 17 anos atrás, e seus trabalhos anteriores incluem "The Vermont Non-GMO Cookbook", "The Connecticut Farm Table Cookbook", "The Vermont Farm Table Cookbook" e "Dishing Up Vermont".

“Eu sou um grande defensor dos fazendeiros e obviamente você não pode ter receitas, ingredientes e alimentos sem os fazendeiros, então eu acho que é muito importante mostrar e dar uma cara a essas pessoas trabalhadoras que são tão apaixonadas e fazem seu trabalho de amor com muito pouco dinheiro ”, disse Medeiros.

Essa mentalidade foi levada para “A Arte de Cozinhar com Cannabis”, apresentando o trabalho dos produtores de cannabis e cânhamo.

Nas páginas do livro de receitas, os leitores podem experimentar receitas de cannabis criadas por chefs localizados do centro de Massachusetts até o Cabo e as ilhas.

Jared Forman, o chef e co-proprietário do deadhorse hill de Worcester, disse que a crescente legalização da cannabis nos EUA está ajudando a tornar a planta menos tabu, uma coisa boa do seu ponto de vista.

“Só gosto de ter mais ingredientes à nossa disposição. Acho que ter coisas disponíveis para nós é sempre uma coisa boa e poder apresentar sabores diferentes, apenas coisas novas. É muito divertido ”, disse Forman.

Embora Forman não use cannabis pessoalmente, ele disse que não faltam pessoas que estão dispostas a fazer um teste de sabor.

Poder usar cannabis no restaurante seria bem-vindo, disse Forman.

“Obviamente, podemos servir bebidas alcoólicas no restaurante, mas você não pode servir bebidas alcoólicas e maconha ao mesmo tempo”, observou Forman. “Se você não tem permissão para servir álcool em excesso às pessoas, o que é, eu acho, apropriado, então com moderação, por que não poderíamos servir outro ingrediente e apenas fazê-lo com moderação e com responsabilidade?”

As receitas de Forman no livro incluem uma salada de verduras com vinagrete de beterraba, um sorvete de mirtilo do Maine selvagem e sorvete de bordo Mass., Todos usando óleo ou extrato de cânhamo e incluem o capítulo de cânhamo do livro.

Sorvete de bordo apresentado em & quotA Arte de Cozinhar com Cannabis & quot, um livro de receitas de Tracey Medeiros. Foto de Clare Barboza.

Nicole e Rupert Campbell, proprietários do The Green Lady Dispensary em Nantucket, são apresentados no capítulo sobre THC, com receitas do chef do dispensário Eric Anderson.

Anderson produziu receitas para Nantucket Protein Logs, biscoitos clássicos de chocolate e uma simples manteiga com infusão de cannabis.

“Ele pegou todo o seu conhecimento e experiência e os aplicou à cannabis”, disse Nicole Campbell sobre Anderson. “Eu não posso dizer o suficiente sobre o quão flexível ele é, quantas coisas ele pode fazer, ele simplesmente não deixa nada se conter.”

Campbell, como Medeiros, disse que sente que a cannabis se presta ao processo criativo. Ela também gostou das mensagens entre as receitas. A página 5 diz: “Este livro é dedicado aos direitos civis e aos defensores da cannabis que trabalham incansavelmente para efetuar a reforma da justiça social e a equidade na indústria”.

“Isso também está de acordo com o que estamos tentando fazer para educar o consumidor”, disse Campbell. “Acreditamos que um consumidor educado tomaria decisões sábias ao consumir cannabis e se as pessoas tomarem decisões sábias, então todos estão seguros. Eles estão seguros e todas as pessoas ao seu redor estão seguras, então somos grandes defensores disso. ”

O livro também apresenta a Cloud Creamery, uma empresa de cannabis recém-aprovada que incorpora a planta ao sorvete. Medeiros disse que foi atraída pela empresa porque o chef usa leite local de vacas alimentadas com pasto e cana-de-açúcar orgânica.

“Essas receitas representam algo que os energiza profundamente e lhes dá um propósito. Comida e cannabis são o amor deles e eu só espero que quando as pessoas olharem este livro e lerem este livro e virem essas receitas, elas sintam isso. Sentem a paixão e isso os inspira a cozinhar ”, disse Medeiros.


‘Cannabis como uma forma de arte’ este livro de receitas com receitas de chefs de Massachusetts apresenta THC, CBD e cânhamo como ingredientes

Biscoitos de chocolate em & quotA Arte de Cozinhar com Cannabis & quot, livro de receitas de Tracey Medeiros. Foto de Clare Barboza.

Tracey Medeiros começou a ver artigos pipocando que compartilhavam propriedades de bem-estar associadas à cannabis.

Já autor de vários livros de receitas, Medeiros sabia para onde levar sua atenção repentina para a planta.

“Eu pensei, por que não escrever um livro de receitas que mostrasse a cannabis e todas as suas maravilhas e pensei que era importante também apoiar e escrever sobre a comunidade alimentar em todo o nosso país”, disse Medeiros em uma entrevista por telefone. “Comecei a procurar pessoas que olhavam para a cannabis como uma forma de arte e pessoas que queriam elevar esta planta como um ingrediente culinário sério.”

Esse processo levou à criação de “The Art of Cooking with Cannabis”, um livro de receitas repleto de 125 receitas divididas em três categorias, CBD, Hemp e THC, algumas das quais foram criadas por chefs de Massachusetts. O livro chegará às livrarias locais no próximo mês e também estará disponível em grandes varejistas como Amazon e Barnes and Noble.

Medeiros inclui uma ou duas receitas próprias em seus livros, mas principalmente procura destacar o trabalho de fazendeiros, chefs e produtores de alimentos. Ela criou seu primeiro livro de receitas após se mudar para Vermont, 17 anos atrás, e seus trabalhos anteriores incluem "The Vermont Non-GMO Cookbook", "The Connecticut Farm Table Cookbook", "The Vermont Farm Table Cookbook" e "Dishing Up Vermont".

“Eu sou um grande defensor dos fazendeiros e obviamente você não pode ter receitas, ingredientes e alimentos sem os fazendeiros, então eu acho que é muito importante mostrar e dar uma cara a essas pessoas trabalhadoras que são tão apaixonadas e fazem seu trabalho de amor com muito pouco dinheiro ”, disse Medeiros.

Essa mentalidade foi levada para “A Arte de Cozinhar com Cannabis”, apresentando o trabalho dos produtores de cannabis e cânhamo.

Nas páginas do livro de receitas, os leitores podem experimentar receitas de cannabis criadas por chefs localizados do centro de Massachusetts até o Cabo e as ilhas.

Jared Forman, o chef e co-proprietário da colina de cavalo morto de Worcester, disse que a crescente legalização da cannabis nos EUA está ajudando a tornar a planta menos tabu, uma coisa boa do seu ponto de vista.

“Só gosto de ter mais ingredientes à nossa disposição. Acho que ter coisas disponíveis para nós é sempre uma coisa boa e poder introduzir sabores diferentes, apenas coisas novas. É muito divertido ”, disse Forman.

Embora Forman não use cannabis pessoalmente, ele disse que não faltam pessoas que estão dispostas a experimentar.

Poder usar cannabis no restaurante seria bem-vindo, disse Forman.

“Obviamente, podemos servir bebidas alcoólicas no restaurante, mas você não pode servir bebidas alcoólicas e maconha ao mesmo tempo”, observou Forman. “Se você não tem permissão para servir álcool em excesso às pessoas, o que é, eu acho, apropriado, então com moderação, por que não poderíamos servir outro ingrediente e apenas fazê-lo com moderação e com responsabilidade?”

As receitas de Forman no livro incluem uma salada de verduras com vinagrete de beterraba, um sorvete de mirtilo do Maine selvagem e sorvete de bordo Mass., Todos usando óleo ou extrato de cânhamo e incluem o capítulo de cânhamo do livro.

Sorvete de bordo apresentado em & quotA Arte de Cozinhar com Cannabis & quot, um livro de receitas de Tracey Medeiros. Foto de Clare Barboza.

Nicole e Rupert Campbell, proprietários do The Green Lady Dispensary em Nantucket, são apresentados no capítulo sobre THC, com receitas do chef do dispensário Eric Anderson.

Anderson produziu receitas para Nantucket Protein Logs, biscoitos clássicos de chocolate e uma simples manteiga com infusão de cannabis.

“Ele pegou todo o seu conhecimento e experiência e os aplicou à cannabis”, disse Nicole Campbell sobre Anderson. “Eu não posso dizer o suficiente sobre o quão flexível ele é, quantas coisas ele pode fazer, ele simplesmente não deixa nada se conter.”

Campbell, como Medeiros, disse que sente que a cannabis se presta ao processo criativo. Ela também gostou das mensagens entre as receitas. A página 5 diz: “Este livro é dedicado aos direitos civis e aos defensores da cannabis que trabalham incansavelmente para efetuar a reforma da justiça social e a equidade na indústria”.

“Isso também está de acordo com o que estamos tentando fazer para educar o consumidor”, disse Campbell. “Acreditamos que um consumidor educado tomaria decisões sábias ao consumir cannabis e se as pessoas tomarem decisões sábias, então todos estão seguros. Eles estão seguros e todas as pessoas ao seu redor estão seguras, então somos grandes defensores disso. ”

O livro também apresenta a Cloud Creamery, uma empresa de cannabis recém-aprovada que incorpora a planta ao sorvete. Medeiros disse que foi atraída pela empresa porque o chef usa leite local de vacas alimentadas com pasto e cana-de-açúcar orgânica.

“Essas receitas representam algo que os energiza profundamente e lhes dá um propósito. Comida e cannabis são o amor deles e eu só espero que quando as pessoas olharem este livro e lerem este livro e virem essas receitas, elas sintam isso. Sentem a paixão e isso os inspira a cozinhar ”, disse Medeiros.


‘Cannabis como uma forma de arte’ este livro de receitas com receitas de chefs de Massachusetts apresenta THC, CBD e cânhamo como ingredientes

Biscoitos de chocolate em & quotA Arte de Cozinhar com Cannabis & quot, livro de receitas de Tracey Medeiros. Foto de Clare Barboza.

Tracey Medeiros começou a ver artigos pipocando que compartilhavam propriedades de bem-estar associadas à cannabis.

Já autor de vários livros de receitas, Medeiros sabia para onde levar sua atenção repentina para a planta.

“Eu pensei, por que não escrever um livro de receitas que mostrasse a cannabis e todas as suas maravilhas e pensei que era importante também apoiar e escrever sobre a comunidade alimentar em todo o nosso país”, disse Medeiros em uma entrevista por telefone. “Comecei a procurar pessoas que olhavam para a cannabis como uma forma de arte e pessoas que queriam elevar esta planta como um ingrediente culinário sério.”

Esse processo levou à criação de “The Art of Cooking with Cannabis”, um livro de receitas repleto de 125 receitas divididas em três categorias, CBD, Hemp e THC, algumas das quais criadas por chefs de Massachusetts. O livro chegará às livrarias locais no próximo mês e também estará disponível em grandes varejistas como Amazon e Barnes and Noble.

Medeiros inclui uma ou duas receitas próprias em seus livros, mas principalmente procura destacar o trabalho de fazendeiros, chefs e produtores de alimentos. Ela criou seu primeiro livro de receitas após se mudar para Vermont, 17 anos atrás, e seus trabalhos anteriores incluem "The Vermont Non-GMO Cookbook", "The Connecticut Farm Table Cookbook", "The Vermont Farm Table Cookbook" e "Dishing Up Vermont".

“Eu sou um grande defensor dos fazendeiros e obviamente você não pode ter receitas, ingredientes e alimentos sem os fazendeiros, então eu acho que é muito importante mostrar e dar uma cara a essas pessoas trabalhadoras que são tão apaixonadas e fazem seu trabalho de amor com muito pouco dinheiro ”, disse Medeiros.

Essa mentalidade foi levada para “A Arte de Cozinhar com Cannabis”, apresentando o trabalho dos produtores de cannabis e cânhamo.

Nas páginas do livro de receitas, os leitores podem experimentar receitas de cannabis criadas por chefs localizados do centro de Massachusetts até o Cabo e as ilhas.

Jared Forman, o chef e co-proprietário do deadhorse hill de Worcester, disse que a crescente legalização da cannabis nos EUA está ajudando a tornar a planta menos tabu, uma coisa boa do seu ponto de vista.

“Só gosto de ter mais ingredientes à nossa disposição. Acho que ter coisas disponíveis para nós é sempre uma coisa boa e poder apresentar sabores diferentes, apenas coisas novas. É muito divertido ”, disse Forman.

Embora Forman não use cannabis pessoalmente, ele disse que não faltam pessoas que estão dispostas a fazer um teste de sabor.

Poder usar cannabis no restaurante seria bem-vindo, disse Forman.

“Obviamente, podemos servir bebidas alcoólicas no restaurante, mas você não pode servir bebidas alcoólicas e maconha ao mesmo tempo”, observou Forman. “Se você não tem permissão para servir álcool em excesso às pessoas, o que é, eu acho, apropriado, então com moderação, por que não poderíamos servir outro ingrediente e apenas fazê-lo com moderação e com responsabilidade?”

As receitas de Forman no livro incluem uma salada de verduras com vinagrete de beterraba, um sorvete de mirtilo do Maine selvagem e sorvete de bordo Mass., Todos usando óleo ou extrato de cânhamo e incluem o capítulo de cânhamo do livro.

Sorvete de bordo apresentado em & quotA Arte de Cozinhar com Cannabis & quot, um livro de receitas de Tracey Medeiros. Foto de Clare Barboza.

Nicole e Rupert Campbell, proprietários do The Green Lady Dispensary em Nantucket, são apresentados no capítulo sobre THC, com receitas do chef do dispensário Eric Anderson.

Anderson produziu receitas para Nantucket Protein Logs, biscoitos clássicos de chocolate e uma simples manteiga com infusão de cannabis.

“Ele pegou todo o seu conhecimento e experiência e os aplicou à cannabis”, disse Nicole Campbell sobre Anderson. “Eu não posso dizer o suficiente sobre o quão flexível ele é, quantas coisas ele pode fazer, ele simplesmente não deixa nada se conter.”

Campbell, como Medeiros, disse que sente que a cannabis se presta ao processo criativo. Ela também gostou das mensagens entre as receitas. A página 5 diz: “Este livro é dedicado aos direitos civis e aos defensores da cannabis que estão trabalhando incansavelmente para efetuar a reforma da justiça social e a equidade na indústria”.

“Isso também está de acordo com o que estamos tentando fazer para educar o consumidor”, disse Campbell. “Acreditamos que um consumidor educado tomaria decisões sábias ao consumir cannabis e se as pessoas tomarem decisões sábias, então todos estão seguros. Eles estão seguros e todas as pessoas ao seu redor estão seguras, então somos grandes defensores disso. ”

O livro também apresenta a Cloud Creamery, uma empresa de cannabis recém-aprovada que incorpora a planta ao sorvete. Medeiros disse que foi atraída pela empresa porque o chef usa leite local de vacas alimentadas com pasto e cana-de-açúcar orgânica.

“Essas receitas representam algo que os energiza profundamente e lhes dá um propósito. Comida e cannabis são o amor deles e eu só espero que quando as pessoas olharem este livro e lerem este livro e virem essas receitas, elas sintam isso. Sentem a paixão e isso os inspira a cozinhar ”, disse Medeiros.


‘Cannabis como uma forma de arte’ este livro de receitas com receitas de chefs de Massachusetts apresenta THC, CBD e cânhamo como ingredientes

Biscoitos com gotas de chocolate em & quotA Arte de Cozinhar com Cannabis & quot, livro de receitas de Tracey Medeiros. Foto de Clare Barboza.

Tracey Medeiros começou a ver artigos pipocando que compartilhavam propriedades de bem-estar associadas à cannabis.

Já autor de vários livros de receitas, Medeiros sabia para onde levar sua atenção repentina para a planta.

“Eu pensei, por que não escrever um livro de receitas que mostrasse a cannabis e todas as suas maravilhas e pensei que era importante também apoiar e escrever sobre a comunidade alimentar em todo o nosso país”, disse Medeiros em uma entrevista por telefone. “Comecei a procurar pessoas que olhavam para a cannabis como uma forma de arte e pessoas que queriam elevar esta planta como um ingrediente culinário sério.”

Esse processo levou à criação de “The Art of Cooking with Cannabis”, um livro de receitas repleto de 125 receitas divididas em três categorias, CBD, Hemp e THC, algumas das quais foram criadas por chefs de Massachusetts. O livro chegará às livrarias locais no próximo mês e também estará disponível em grandes varejistas como Amazon e Barnes and Noble.

Medeiros inclui uma ou duas receitas próprias em seus livros, mas principalmente procura destacar o trabalho de fazendeiros, chefs e produtores de alimentos. Ela criou seu primeiro livro de receitas após se mudar para Vermont, 17 anos atrás, e seus trabalhos anteriores incluem "The Vermont Non-GMO Cookbook", "The Connecticut Farm Table Cookbook", "The Vermont Farm Table Cookbook" e "Dishing Up Vermont".

“Eu sou um grande defensor dos fazendeiros e obviamente você não pode ter receitas, ingredientes e alimentos sem os fazendeiros, então eu acho que é muito importante mostrar e dar uma cara a essas pessoas trabalhadoras que são tão apaixonadas e fazem seu trabalho de amor com muito pouco dinheiro ”, disse Medeiros.

Essa mentalidade foi levada para “A Arte de Cozinhar com Cannabis”, apresentando o trabalho dos produtores de cannabis e cânhamo.

Nas páginas do livro de receitas, os leitores podem experimentar receitas de cannabis criadas por chefs localizados do centro de Massachusetts até o Cabo e as ilhas.

Jared Forman, o chef e co-proprietário do deadhorse hill de Worcester, disse que a crescente legalização da cannabis nos EUA está ajudando a tornar a planta menos tabu, uma coisa boa do seu ponto de vista.

“Só gosto de ter mais ingredientes à nossa disposição. Acho que ter coisas disponíveis para nós é sempre uma coisa boa e poder apresentar sabores diferentes, apenas coisas novas. É muito divertido ”, disse Forman.

Embora Forman não use cannabis pessoalmente, ele disse que não faltam pessoas que estão dispostas a experimentar.

Poder usar cannabis no restaurante seria bem-vindo, disse Forman.

“Obviamente, podemos servir bebidas alcoólicas no restaurante, mas você não pode servir bebidas alcoólicas e maconha ao mesmo tempo”, observou Forman. “Se você não tem permissão para servir álcool em excesso às pessoas, o que é, eu acho, apropriado, então com moderação, por que não poderíamos servir outro ingrediente e apenas fazê-lo com moderação e com responsabilidade?”

As receitas de Forman no livro incluem uma salada de verduras com vinagrete de beterraba, um sorvete de mirtilo do Maine selvagem e sorvete de bordo Mass., Todos usando óleo ou extrato de cânhamo e incluem o capítulo de cânhamo do livro.

Sorvete de bordo apresentado em & quotA Arte de Cozinhar com Cannabis & quot, um livro de receitas de Tracey Medeiros. Foto de Clare Barboza.

Nicole e Rupert Campbell, proprietários do The Green Lady Dispensary em Nantucket, são apresentados no capítulo sobre THC, com receitas do chef do dispensário Eric Anderson.

Anderson produziu receitas para Nantucket Protein Logs, biscoitos clássicos de chocolate e uma simples manteiga com infusão de cannabis.

“Ele pegou todo o seu conhecimento e experiência e os aplicou à cannabis”, disse Nicole Campbell sobre Anderson. “Eu não posso dizer o suficiente sobre o quão flexível ele é, quantas coisas ele pode fazer, ele simplesmente não deixa nada se conter.”

Campbell, como Medeiros, disse que sente que a cannabis se presta ao processo criativo. Ela também gostou das mensagens entre as receitas. A página 5 diz: “Este livro é dedicado aos direitos civis e aos defensores da cannabis que trabalham incansavelmente para efetuar a reforma da justiça social e a equidade na indústria”.

“Isso também está de acordo com o que estamos tentando fazer para educar o consumidor”, disse Campbell. “Acreditamos que um consumidor educado tomaria decisões sábias ao consumir cannabis e se as pessoas tomarem decisões sábias, então todos estão seguros. Eles estão seguros e todas as pessoas ao seu redor estão seguras, então somos grandes defensores disso. ”

O livro também apresenta a Cloud Creamery, uma empresa de cannabis recém-aprovada que incorpora a planta ao sorvete. Medeiros disse que foi atraída pela empresa porque o chef usa leite local de vacas alimentadas com pasto e cana-de-açúcar orgânica.

“Essas receitas representam algo que os energiza profundamente e lhes dá um propósito. Comida e cannabis são o amor deles e eu só espero que quando as pessoas olharem este livro e lerem este livro e virem essas receitas, elas sintam isso. Sentem a paixão e isso os inspira a cozinhar ”, disse Medeiros.


‘Cannabis como uma forma de arte’ este livro de receitas com receitas de chefs de Massachusetts apresenta THC, CBD e cânhamo como ingredientes

Biscoitos de chocolate em & quotA Arte de Cozinhar com Cannabis & quot, livro de receitas de Tracey Medeiros. Foto de Clare Barboza.

Tracey Medeiros começou a ver artigos pipocando que compartilhavam propriedades de bem-estar associadas à cannabis.

Já autor de vários livros de receitas, Medeiros sabia para onde levar sua atenção repentina para a planta.

“Eu pensei, por que não escrever um livro de receitas que mostrasse a cannabis e todas as suas maravilhas e pensei que era importante também apoiar e escrever sobre a comunidade alimentar em todo o nosso país”, disse Medeiros em uma entrevista por telefone. “Comecei a procurar pessoas que olhavam para a cannabis como uma forma de arte e pessoas que queriam elevar esta planta como um ingrediente culinário sério.”

Esse processo levou à criação de “The Art of Cooking with Cannabis”, um livro de receitas repleto de 125 receitas divididas em três categorias, CBD, Hemp e THC, algumas das quais criadas por chefs de Massachusetts. O livro chegará às livrarias locais no próximo mês e também estará disponível em grandes varejistas como Amazon e Barnes and Noble.

Medeiros inclui uma ou duas receitas próprias em seus livros, mas principalmente procura destacar o trabalho de fazendeiros, chefs e produtores de alimentos. Ela criou seu primeiro livro de receitas depois de se mudar para Vermont, 17 anos atrás, e seus trabalhos anteriores incluem "The Vermont Non-GMO Cookbook", "The Connecticut Farm Table Cookbook", "The Vermont Farm Table Cookbook" e "Dishing Up Vermont".

“Eu sou um grande defensor dos fazendeiros e obviamente você não pode ter receitas, ingredientes e alimentos sem os fazendeiros, então eu acho que é muito importante mostrar e dar uma cara a essas pessoas trabalhadoras que são tão apaixonadas e fazem seu trabalho de amor com muito pouco dinheiro ”, disse Medeiros.

Essa mentalidade foi levada para “A Arte de Cozinhar com Cannabis”, apresentando o trabalho dos produtores de cannabis e cânhamo.

Nas páginas do livro de receitas, os leitores podem experimentar receitas de cannabis criadas por chefs localizados do centro de Massachusetts até o Cabo e as ilhas.

Jared Forman, o chef e co-proprietário da colina de cavalo morto de Worcester, disse que a crescente legalização da cannabis nos EUA está ajudando a tornar a planta menos tabu, uma coisa boa do seu ponto de vista.

“Só gosto de ter mais ingredientes à nossa disposição. Acho que ter coisas disponíveis para nós é sempre uma coisa boa e poder introduzir sabores diferentes, apenas coisas novas. É muito divertido ”, disse Forman.

Embora Forman não use cannabis pessoalmente, ele disse que não faltam pessoas que estão dispostas a fazer um teste de sabor.

Poder usar cannabis no restaurante seria bem-vindo, disse Forman.

“Obviamente, temos permissão para servir álcool no restaurante, mas você não tem permissão para servir álcool e maconha ao mesmo tempo”, observou Forman. “Se você não tem permissão para servir álcool em excesso às pessoas, o que é, eu acho, apropriado, então com moderação, por que não poderíamos servir outro ingrediente e apenas fazê-lo com moderação e com responsabilidade?”

As receitas de Forman no livro incluem uma salada de verduras com vinagrete de beterraba, um sorvete de mirtilo do Maine selvagem e sorvete de bordo Mass., Todos usando óleo ou extrato de cânhamo e incluem o capítulo de cânhamo do livro.

Sorvete de bordo apresentado em & quotA Arte de Cozinhar com Cannabis & quot, um livro de receitas de Tracey Medeiros. Foto de Clare Barboza.

Nicole e Rupert Campbell, proprietários do The Green Lady Dispensary em Nantucket, são apresentados no capítulo sobre THC, com receitas do chef do dispensário Eric Anderson.

Anderson produziu receitas para Nantucket Protein Logs, biscoitos clássicos de chocolate e uma simples manteiga com infusão de cannabis.

“Ele pegou todo o seu conhecimento e experiência e os aplicou à cannabis”, disse Nicole Campbell sobre Anderson. “Eu não posso dizer o suficiente sobre o quão flexível ele é, quantas coisas ele pode fazer, ele simplesmente não deixa nada se conter.”

Campbell, como Medeiros, disse que sente que a cannabis se presta ao processo criativo. Ela também gostou das mensagens entre as receitas. A página 5 diz: “Este livro é dedicado aos direitos civis e aos defensores da cannabis que trabalham incansavelmente para efetuar a reforma da justiça social e a equidade na indústria”.

“Isso também está de acordo com o que estamos tentando fazer para educar o consumidor”, disse Campbell. “Acreditamos que um consumidor educado tomaria decisões sábias ao consumir cannabis e se as pessoas tomarem decisões sábias, então todos estão seguros. Eles estão seguros e todas as pessoas ao seu redor estão seguras, então somos grandes defensores disso. ”

O livro também apresenta a Cloud Creamery, uma empresa de cannabis recém-aprovada que incorpora a planta ao sorvete. Medeiros disse que foi atraída pela empresa porque o chef usa leite local de vacas alimentadas com pasto e cana-de-açúcar orgânica.

“Essas receitas representam algo que os energiza profundamente e lhes dá um propósito. Comida e cannabis são o amor deles e eu só espero que quando as pessoas olharem este livro e lerem este livro e virem essas receitas, elas sintam isso. Sentem a paixão e isso os inspira a cozinhar ”, disse Medeiros.


‘Cannabis como uma forma de arte’ este livro de receitas com receitas de chefs de Massachusetts apresenta THC, CBD e cânhamo como ingredientes

Biscoitos de chocolate em & quotA Arte de Cozinhar com Cannabis & quot, livro de receitas de Tracey Medeiros. Foto de Clare Barboza.

Tracey Medeiros começou a ver artigos pipocando que compartilhavam propriedades de bem-estar associadas à cannabis.

Já autor de vários livros de receitas, Medeiros sabia para onde levar sua atenção repentina para a planta.

“Eu pensei, por que não escrever um livro de receitas que mostrasse a cannabis e todas as suas maravilhas e pensei que era importante também apoiar e escrever sobre a comunidade alimentar em todo o nosso país”, disse Medeiros em uma entrevista por telefone. “Comecei a procurar pessoas que olhavam para a cannabis como uma forma de arte e pessoas que queriam elevar esta planta como um ingrediente culinário sério.”

Esse processo levou à criação de “The Art of Cooking with Cannabis”, um livro de receitas repleto de 125 receitas divididas em três categorias, CBD, Hemp e THC, algumas das quais criadas por chefs de Massachusetts. O livro chegará às livrarias locais no próximo mês e também estará disponível em grandes varejistas como Amazon e Barnes and Noble.

Medeiros inclui uma ou duas receitas próprias em seus livros, mas visa principalmente destacar o trabalho de fazendeiros, chefs e produtores de alimentos. Ela criou seu primeiro livro de receitas depois de se mudar para Vermont, 17 anos atrás, e seus trabalhos anteriores incluem "The Vermont Non-GMO Cookbook", "The Connecticut Farm Table Cookbook", "The Vermont Farm Table Cookbook" e "Dishing Up Vermont".

“Eu sou um grande defensor dos fazendeiros e obviamente você não pode ter receitas, ingredientes e alimentos sem os fazendeiros, então eu acho que é muito importante mostrar e dar uma cara a essas pessoas trabalhadoras que são tão apaixonadas e fazem seu trabalho of love with very little money,” Medeiros said.

That mindset carried into “The Art of Cooking with Cannabis,” showcasing the work of cannabis and hemp farmers.

Inside the cookbook’s pages, readers can get a taste of cannabis recipes created by chefs located from Central Massachusetts to the Cape and Islands.

Jared Forman, the chef and co-owner of Worcester’s deadhorse hill, said the increasing legalization of cannabis in the U.S. is helping to make the plant less taboo, a good thing from his perspective.

“I just like to have more ingredients at our disposal. I think having things available to us is always a good thing and being able to introduce different flavors, just new stuff. It’s a lot of fun,” Forman said.

Though Forman doesn’t use cannabis personally, he said there is no shortage of people who are willing to taste-test.

Being able to use cannabis in the restaurant would be welcome, Forman said.

“Obviously we’re allowed to serve alcohol at the restaurant but you’re not allowed to serve alcohol and marijuana at the same time,” Forman noted. “If you’re not allowed to overserve people alcohol, which is, I think, appropriate, then in moderation why shouldn’t we be able to serve another ingredient and just do it in moderation and do it responsibly?”

Forman’s recipes in the book include a mixed greens salad with a beet vinaigrette, a wild Maine blueberry sorbet and Mass. maple ice cream, all using either hemp oil or extract and included the book’s hemp chapter.

Maple ice cream featured in "The Art of Cooking with Cannabis," a cookbook by Tracey Medeiros. Photo by Clare Barboza.

Nicole and Rupert Campbell, owners of The Green Lady Dispensary in Nantucket, are featured in the chapter on THC, with recipes from dispensary chef Eric Anderson.

Anderson produced recipes for Nantucket Protein Logs, classic chocolate chip cookies and a simple cannabis-infused butter.

“He took all of his knowledge and experience and applied it to cannabis,” Nicole Campbell said of Anderson. “I can’t say enough about how flexible he is, how many things he can do, he just doesn’t let anything hold himself back.”

Campbell, like Medeiros, said she feels cannabis lends itself to the creative process. She also appreciated the messages among the recipes. Page 5 reads, “This book is dedicated to the civil rights and cannabis advocates who are tirelessly working to effect social justice reform and equity into the fabric of the industry.”

“That also just lines up very much with what we’re trying to do about educating the consumer,” Campbell said. “We believe that an educated consumer would make wise decisions when consuming cannabis and if people make wise decisions then everybody is safe. They’re safe and all the people around them are safe, so we’re big proponents of that.”

The book also features Cloud Creamery, a newly-approved cannabis company that incorporates the plant into ice cream. Medeiros said she was drawn to that company because the chef uses local milk from grass-fed cows and organic sugarcane.

“These recipes represent something that deeply energizes them and gives them a purpose. Food and cannabis is their love and I just hope that when folks look through this book and read this book and see these recipes that they just feel that. They feel the passion and it inspires them to cook,” said Medeiros.


‘Cannabis as an art form’ this cookbook with recipes from Massachusetts chefs showcases THC, CBD and hemp as ingredients

Chocolate chip cookies featured in "The Art of Cooking with Cannabis," a cookbook by Tracey Medeiros. Photo by Clare Barboza.

Tracey Medeiros had started to see articles popping up that shared wellness properties associated with cannabis.

Already the author of several cookbooks, Medeiros knew where to take her sudden attention to the plant.

“I thought, why not write a cookbook that would showcase cannabis and all the wonders of it and I thought it was important also to support and write about the food community throughout our country,” Medeiros said in a phone interview. “I began seeking out folks who looked at cannabis as an artform and folks that wanted to elevate this plant as a serious culinary ingredient.”

That process has led to the creation of “The Art of Cooking with Cannabis,” a cookbook replete with 125 recipes divided into three categories, CBD, Hemp, and THC, some of which were created by Massachusetts chefs. The book will hit local bookshops next month, and will also be available from big retailers like Amazon and Barnes and Noble.

Medeiros includes a recipe or two of her own in her books, but primarily looks to highlight the work of farmers, chefs and food producers. She created her first cookbook after moving to Vermont 17 years ago, and her previous works include “The Vermont Non-GMO Cookbook,” “The Connecticut Farm Table Cookbook,” “The Vermont Farm Table Cookbook” and “Dishing Up Vermont.”

“I’m a big advocate for farmers and obviously you can’t have recipes and ingredients and food without farmers so I think it’s really important to showcase and put a face on these hardworking folks who are just so passionate and just do their job out of love with very little money,” Medeiros said.

That mindset carried into “The Art of Cooking with Cannabis,” showcasing the work of cannabis and hemp farmers.

Inside the cookbook’s pages, readers can get a taste of cannabis recipes created by chefs located from Central Massachusetts to the Cape and Islands.

Jared Forman, the chef and co-owner of Worcester’s deadhorse hill, said the increasing legalization of cannabis in the U.S. is helping to make the plant less taboo, a good thing from his perspective.

“I just like to have more ingredients at our disposal. I think having things available to us is always a good thing and being able to introduce different flavors, just new stuff. It’s a lot of fun,” Forman said.

Though Forman doesn’t use cannabis personally, he said there is no shortage of people who are willing to taste-test.

Being able to use cannabis in the restaurant would be welcome, Forman said.

“Obviously we’re allowed to serve alcohol at the restaurant but you’re not allowed to serve alcohol and marijuana at the same time,” Forman noted. “If you’re not allowed to overserve people alcohol, which is, I think, appropriate, then in moderation why shouldn’t we be able to serve another ingredient and just do it in moderation and do it responsibly?”

Forman’s recipes in the book include a mixed greens salad with a beet vinaigrette, a wild Maine blueberry sorbet and Mass. maple ice cream, all using either hemp oil or extract and included the book’s hemp chapter.

Maple ice cream featured in "The Art of Cooking with Cannabis," a cookbook by Tracey Medeiros. Photo by Clare Barboza.

Nicole and Rupert Campbell, owners of The Green Lady Dispensary in Nantucket, are featured in the chapter on THC, with recipes from dispensary chef Eric Anderson.

Anderson produced recipes for Nantucket Protein Logs, classic chocolate chip cookies and a simple cannabis-infused butter.

“He took all of his knowledge and experience and applied it to cannabis,” Nicole Campbell said of Anderson. “I can’t say enough about how flexible he is, how many things he can do, he just doesn’t let anything hold himself back.”

Campbell, like Medeiros, said she feels cannabis lends itself to the creative process. She also appreciated the messages among the recipes. Page 5 reads, “This book is dedicated to the civil rights and cannabis advocates who are tirelessly working to effect social justice reform and equity into the fabric of the industry.”

“That also just lines up very much with what we’re trying to do about educating the consumer,” Campbell said. “We believe that an educated consumer would make wise decisions when consuming cannabis and if people make wise decisions then everybody is safe. They’re safe and all the people around them are safe, so we’re big proponents of that.”

The book also features Cloud Creamery, a newly-approved cannabis company that incorporates the plant into ice cream. Medeiros said she was drawn to that company because the chef uses local milk from grass-fed cows and organic sugarcane.

“These recipes represent something that deeply energizes them and gives them a purpose. Food and cannabis is their love and I just hope that when folks look through this book and read this book and see these recipes that they just feel that. They feel the passion and it inspires them to cook,” said Medeiros.


‘Cannabis as an art form’ this cookbook with recipes from Massachusetts chefs showcases THC, CBD and hemp as ingredients

Chocolate chip cookies featured in "The Art of Cooking with Cannabis," a cookbook by Tracey Medeiros. Photo by Clare Barboza.

Tracey Medeiros had started to see articles popping up that shared wellness properties associated with cannabis.

Already the author of several cookbooks, Medeiros knew where to take her sudden attention to the plant.

“I thought, why not write a cookbook that would showcase cannabis and all the wonders of it and I thought it was important also to support and write about the food community throughout our country,” Medeiros said in a phone interview. “I began seeking out folks who looked at cannabis as an artform and folks that wanted to elevate this plant as a serious culinary ingredient.”

That process has led to the creation of “The Art of Cooking with Cannabis,” a cookbook replete with 125 recipes divided into three categories, CBD, Hemp, and THC, some of which were created by Massachusetts chefs. The book will hit local bookshops next month, and will also be available from big retailers like Amazon and Barnes and Noble.

Medeiros includes a recipe or two of her own in her books, but primarily looks to highlight the work of farmers, chefs and food producers. She created her first cookbook after moving to Vermont 17 years ago, and her previous works include “The Vermont Non-GMO Cookbook,” “The Connecticut Farm Table Cookbook,” “The Vermont Farm Table Cookbook” and “Dishing Up Vermont.”

“I’m a big advocate for farmers and obviously you can’t have recipes and ingredients and food without farmers so I think it’s really important to showcase and put a face on these hardworking folks who are just so passionate and just do their job out of love with very little money,” Medeiros said.

That mindset carried into “The Art of Cooking with Cannabis,” showcasing the work of cannabis and hemp farmers.

Inside the cookbook’s pages, readers can get a taste of cannabis recipes created by chefs located from Central Massachusetts to the Cape and Islands.

Jared Forman, the chef and co-owner of Worcester’s deadhorse hill, said the increasing legalization of cannabis in the U.S. is helping to make the plant less taboo, a good thing from his perspective.

“I just like to have more ingredients at our disposal. I think having things available to us is always a good thing and being able to introduce different flavors, just new stuff. It’s a lot of fun,” Forman said.

Though Forman doesn’t use cannabis personally, he said there is no shortage of people who are willing to taste-test.

Being able to use cannabis in the restaurant would be welcome, Forman said.

“Obviously we’re allowed to serve alcohol at the restaurant but you’re not allowed to serve alcohol and marijuana at the same time,” Forman noted. “If you’re not allowed to overserve people alcohol, which is, I think, appropriate, then in moderation why shouldn’t we be able to serve another ingredient and just do it in moderation and do it responsibly?”

Forman’s recipes in the book include a mixed greens salad with a beet vinaigrette, a wild Maine blueberry sorbet and Mass. maple ice cream, all using either hemp oil or extract and included the book’s hemp chapter.

Maple ice cream featured in "The Art of Cooking with Cannabis," a cookbook by Tracey Medeiros. Photo by Clare Barboza.

Nicole and Rupert Campbell, owners of The Green Lady Dispensary in Nantucket, are featured in the chapter on THC, with recipes from dispensary chef Eric Anderson.

Anderson produced recipes for Nantucket Protein Logs, classic chocolate chip cookies and a simple cannabis-infused butter.

“He took all of his knowledge and experience and applied it to cannabis,” Nicole Campbell said of Anderson. “I can’t say enough about how flexible he is, how many things he can do, he just doesn’t let anything hold himself back.”

Campbell, like Medeiros, said she feels cannabis lends itself to the creative process. She also appreciated the messages among the recipes. Page 5 reads, “This book is dedicated to the civil rights and cannabis advocates who are tirelessly working to effect social justice reform and equity into the fabric of the industry.”

“That also just lines up very much with what we’re trying to do about educating the consumer,” Campbell said. “We believe that an educated consumer would make wise decisions when consuming cannabis and if people make wise decisions then everybody is safe. They’re safe and all the people around them are safe, so we’re big proponents of that.”

The book also features Cloud Creamery, a newly-approved cannabis company that incorporates the plant into ice cream. Medeiros said she was drawn to that company because the chef uses local milk from grass-fed cows and organic sugarcane.

“These recipes represent something that deeply energizes them and gives them a purpose. Food and cannabis is their love and I just hope that when folks look through this book and read this book and see these recipes that they just feel that. They feel the passion and it inspires them to cook,” said Medeiros.


‘Cannabis as an art form’ this cookbook with recipes from Massachusetts chefs showcases THC, CBD and hemp as ingredients

Chocolate chip cookies featured in "The Art of Cooking with Cannabis," a cookbook by Tracey Medeiros. Photo by Clare Barboza.

Tracey Medeiros had started to see articles popping up that shared wellness properties associated with cannabis.

Already the author of several cookbooks, Medeiros knew where to take her sudden attention to the plant.

“I thought, why not write a cookbook that would showcase cannabis and all the wonders of it and I thought it was important also to support and write about the food community throughout our country,” Medeiros said in a phone interview. “I began seeking out folks who looked at cannabis as an artform and folks that wanted to elevate this plant as a serious culinary ingredient.”

That process has led to the creation of “The Art of Cooking with Cannabis,” a cookbook replete with 125 recipes divided into three categories, CBD, Hemp, and THC, some of which were created by Massachusetts chefs. The book will hit local bookshops next month, and will also be available from big retailers like Amazon and Barnes and Noble.

Medeiros includes a recipe or two of her own in her books, but primarily looks to highlight the work of farmers, chefs and food producers. She created her first cookbook after moving to Vermont 17 years ago, and her previous works include “The Vermont Non-GMO Cookbook,” “The Connecticut Farm Table Cookbook,” “The Vermont Farm Table Cookbook” and “Dishing Up Vermont.”

“I’m a big advocate for farmers and obviously you can’t have recipes and ingredients and food without farmers so I think it’s really important to showcase and put a face on these hardworking folks who are just so passionate and just do their job out of love with very little money,” Medeiros said.

That mindset carried into “The Art of Cooking with Cannabis,” showcasing the work of cannabis and hemp farmers.

Inside the cookbook’s pages, readers can get a taste of cannabis recipes created by chefs located from Central Massachusetts to the Cape and Islands.

Jared Forman, the chef and co-owner of Worcester’s deadhorse hill, said the increasing legalization of cannabis in the U.S. is helping to make the plant less taboo, a good thing from his perspective.

“I just like to have more ingredients at our disposal. I think having things available to us is always a good thing and being able to introduce different flavors, just new stuff. It’s a lot of fun,” Forman said.

Though Forman doesn’t use cannabis personally, he said there is no shortage of people who are willing to taste-test.

Being able to use cannabis in the restaurant would be welcome, Forman said.

“Obviously we’re allowed to serve alcohol at the restaurant but you’re not allowed to serve alcohol and marijuana at the same time,” Forman noted. “If you’re not allowed to overserve people alcohol, which is, I think, appropriate, then in moderation why shouldn’t we be able to serve another ingredient and just do it in moderation and do it responsibly?”

Forman’s recipes in the book include a mixed greens salad with a beet vinaigrette, a wild Maine blueberry sorbet and Mass. maple ice cream, all using either hemp oil or extract and included the book’s hemp chapter.

Maple ice cream featured in "The Art of Cooking with Cannabis," a cookbook by Tracey Medeiros. Photo by Clare Barboza.

Nicole and Rupert Campbell, owners of The Green Lady Dispensary in Nantucket, are featured in the chapter on THC, with recipes from dispensary chef Eric Anderson.

Anderson produced recipes for Nantucket Protein Logs, classic chocolate chip cookies and a simple cannabis-infused butter.

“He took all of his knowledge and experience and applied it to cannabis,” Nicole Campbell said of Anderson. “I can’t say enough about how flexible he is, how many things he can do, he just doesn’t let anything hold himself back.”

Campbell, like Medeiros, said she feels cannabis lends itself to the creative process. She also appreciated the messages among the recipes. Page 5 reads, “This book is dedicated to the civil rights and cannabis advocates who are tirelessly working to effect social justice reform and equity into the fabric of the industry.”

“That also just lines up very much with what we’re trying to do about educating the consumer,” Campbell said. “We believe that an educated consumer would make wise decisions when consuming cannabis and if people make wise decisions then everybody is safe. They’re safe and all the people around them are safe, so we’re big proponents of that.”

The book also features Cloud Creamery, a newly-approved cannabis company that incorporates the plant into ice cream. Medeiros said she was drawn to that company because the chef uses local milk from grass-fed cows and organic sugarcane.

“These recipes represent something that deeply energizes them and gives them a purpose. Food and cannabis is their love and I just hope that when folks look through this book and read this book and see these recipes that they just feel that. They feel the passion and it inspires them to cook,” said Medeiros.


‘Cannabis as an art form’ this cookbook with recipes from Massachusetts chefs showcases THC, CBD and hemp as ingredients

Chocolate chip cookies featured in "The Art of Cooking with Cannabis," a cookbook by Tracey Medeiros. Photo by Clare Barboza.

Tracey Medeiros had started to see articles popping up that shared wellness properties associated with cannabis.

Already the author of several cookbooks, Medeiros knew where to take her sudden attention to the plant.

“I thought, why not write a cookbook that would showcase cannabis and all the wonders of it and I thought it was important also to support and write about the food community throughout our country,” Medeiros said in a phone interview. “I began seeking out folks who looked at cannabis as an artform and folks that wanted to elevate this plant as a serious culinary ingredient.”

That process has led to the creation of “The Art of Cooking with Cannabis,” a cookbook replete with 125 recipes divided into three categories, CBD, Hemp, and THC, some of which were created by Massachusetts chefs. The book will hit local bookshops next month, and will also be available from big retailers like Amazon and Barnes and Noble.

Medeiros includes a recipe or two of her own in her books, but primarily looks to highlight the work of farmers, chefs and food producers. She created her first cookbook after moving to Vermont 17 years ago, and her previous works include “The Vermont Non-GMO Cookbook,” “The Connecticut Farm Table Cookbook,” “The Vermont Farm Table Cookbook” and “Dishing Up Vermont.”

“I’m a big advocate for farmers and obviously you can’t have recipes and ingredients and food without farmers so I think it’s really important to showcase and put a face on these hardworking folks who are just so passionate and just do their job out of love with very little money,” Medeiros said.

That mindset carried into “The Art of Cooking with Cannabis,” showcasing the work of cannabis and hemp farmers.

Inside the cookbook’s pages, readers can get a taste of cannabis recipes created by chefs located from Central Massachusetts to the Cape and Islands.

Jared Forman, the chef and co-owner of Worcester’s deadhorse hill, said the increasing legalization of cannabis in the U.S. is helping to make the plant less taboo, a good thing from his perspective.

“I just like to have more ingredients at our disposal. I think having things available to us is always a good thing and being able to introduce different flavors, just new stuff. It’s a lot of fun,” Forman said.

Though Forman doesn’t use cannabis personally, he said there is no shortage of people who are willing to taste-test.

Being able to use cannabis in the restaurant would be welcome, Forman said.

“Obviously we’re allowed to serve alcohol at the restaurant but you’re not allowed to serve alcohol and marijuana at the same time,” Forman noted. “If you’re not allowed to overserve people alcohol, which is, I think, appropriate, then in moderation why shouldn’t we be able to serve another ingredient and just do it in moderation and do it responsibly?”

Forman’s recipes in the book include a mixed greens salad with a beet vinaigrette, a wild Maine blueberry sorbet and Mass. maple ice cream, all using either hemp oil or extract and included the book’s hemp chapter.

Maple ice cream featured in "The Art of Cooking with Cannabis," a cookbook by Tracey Medeiros. Photo by Clare Barboza.

Nicole and Rupert Campbell, owners of The Green Lady Dispensary in Nantucket, are featured in the chapter on THC, with recipes from dispensary chef Eric Anderson.

Anderson produced recipes for Nantucket Protein Logs, classic chocolate chip cookies and a simple cannabis-infused butter.

“He took all of his knowledge and experience and applied it to cannabis,” Nicole Campbell said of Anderson. “I can’t say enough about how flexible he is, how many things he can do, he just doesn’t let anything hold himself back.”

Campbell, like Medeiros, said she feels cannabis lends itself to the creative process. She also appreciated the messages among the recipes. Page 5 reads, “This book is dedicated to the civil rights and cannabis advocates who are tirelessly working to effect social justice reform and equity into the fabric of the industry.”

“That also just lines up very much with what we’re trying to do about educating the consumer,” Campbell said. “We believe that an educated consumer would make wise decisions when consuming cannabis and if people make wise decisions then everybody is safe. They’re safe and all the people around them are safe, so we’re big proponents of that.”

The book also features Cloud Creamery, a newly-approved cannabis company that incorporates the plant into ice cream. Medeiros said she was drawn to that company because the chef uses local milk from grass-fed cows and organic sugarcane.

“These recipes represent something that deeply energizes them and gives them a purpose. Food and cannabis is their love and I just hope that when folks look through this book and read this book and see these recipes that they just feel that. They feel the passion and it inspires them to cook,” said Medeiros.