Receitas tradicionais

Como avaliar um restaurante na refeição diária

Como avaliar um restaurante na refeição diária

Aqui no The Daily Meal, estamos sempre à procura de sugestões de nossa fiel rede de leitores e sabemos que você tem muito a dizer. E uma das formas mais populares de contribuir é escrevendo uma crítica sobre o restaurante. Essas avaliações podem ter apenas 150 palavras ou o tempo que você quiser e podem ser escritas sobre qualquer restaurante do país. Clique aqui para obter algumas dicas sobre como escrever uma boa crítica, mas o melhor conselho que podemos dar é dividir a crítica em três seções: no início, dê um pequeno pano de fundo e prepare o cenário (o chef, a decoração, etc.); no meio, discuta a comida e o serviço; e use o parágrafo final, resuma o que você escreveu e faça uma avaliação final.

Pronto para começar? Aqui está o que você faz:

1) Crie a sua conta aqui no OurSite clicando em "Sign in" no canto superior esquerdo (nunca foi tão fácil; agora você pode se inscrever através de suas contas do Twitter e do Facebook).

2) Depois de fazer login, você pode clicar em "Avaliar um restaurante" em seu perfil, ou vá para este link.

3) Pesquise o restaurante que deseja avaliar. Se o restaurante não estiver em nosso sistema, envie-nos um e-mail e vamos inseri-lo para você.

4) Encontre o seu restaurante nos resultados da pesquisa e isso o levará para a página de perfil do restaurante.

5) Role para baixo até ver "Adicionar seu comentário". Digite as primeiras linhas do comentário na caixa de texto e clique em “Enviar”. Isso o levará ao nosso editor.

6) Ao lado de "Revisar título", insira um título curto e conciso, sem nomear o restaurante (ele o preenche automaticamente quando é publicado). Então, para, digamos, The French Laundry, seu título pode ser algo como "O menu de degustação do país com a melhor degustação".

7) Faça upload de uma foto. De preferência, deve ser recortado para 600x480 e ter menos de 80 KB. Digite a fonte, portanto, se você tirou a foto, pode apenas usar seu próprio nome.

8) Digite seu comentário na janela "Texto de revisão".

9) Clique em Salvar e faça o mesmo na próxima janela. Sua avaliação está pronta para ser enviada!

Outra opção é criar uma conta e me mande um e-mail o documento do Word; nós cuidaremos do resto.

Fique atento em nosso Página Comer / Jantar: se gostarmos do que vemos, vamos apresentá-lo lá.


Análise! Quantas vezes podemos dizer & # 8220Hearty & # 8221 e & # 8220Cozy & # 8221 ao descrever este restaurante EPCOT?

Às vezes você tem que ir aonde todo mundo sabe seu nome! Opa, isso & # 8217s Saúde, não é?

Rose & amp Crown Pub e sala de jantar

Você conhece aquela sensação de entrar no bar do seu bairro e todo mundo te conhecer? o Saúde referência vale para este local também. Essa é basicamente a sensação que você tem quando entra Rosa e coroa. Gostamos da comida, mas nós amar a sensação que sentimos quando entramos pelas portas do pub neste restaurante EPCOT. Nós revisitamos o restaurante para nos aconchegar com um pouco de Guinness e aquecer nossos ossos do clima & # 8220chilly & # 8221 da Flórida. (Ei, caiu abaixo de 50 graus esta semana!) Entre para uma cerveja e veja como está o restaurante desde a nossa última visita!


Crítica do restaurante: A10

Hyde Park tem muitos restaurantes que merecem sua atenção. Agora há um que exige isso.

A A10, que abriu no final do ano passado, tem quase tudo que você deseja em um restaurante. A sala de jantar é atraente, acolhedora e de arquitetura interessante. O menu, nem opressor nem severo, oferece riffs suaves e criativos nos padrões italianos e franceses - A10 é a autoestrada que vai do norte da Itália ao sul da França. Cada prato, como diz o chef / proprietário Matthias Merges, é "cerca de 75% reconhecível e 25% 'você vai adorar isso'".

E você vai adorar. Eu poderia fazer uma refeição extremamente satisfatória apenas com os pratos pequenos. Sweetbread saltimbocca, em que um espeto de sweetbreads e presunto é suspenso sobre uma tigela de fondue fontina, é um prato saído direto do manual do Yusho, o restaurante japonês de Merges. (A versão de Yusho era pedaços de bacalhau de tempura pendurados sobre um saboroso chawan mushi.) É ótimo, especialmente com os pedaços de trufa preta raspada adicionados ao fondue. Barriga de cordeiro crocante sobre bolo de nhoque assado, ao lado de um ovo de 60 minutos (cozido baixo e lento para uma riqueza de creme) é pura riqueza, enquanto crudo de peixe-espada fino de carpaccio, decorado com algumas alcaparras e segmentos de laranja e laranja sanguínea, é leveza e brilho. Tenho saudades dos cheiros fritos com alface e molho de anchova, uma espécie de salada César reconsiderada quando volta na primavera - sem dúvida com um aspecto ligeiramente diferente - peça.

A cozinha consegue alguns riffs fofos sobre comida de bar. O que é chamado de "salsicha barese" é na verdade uma variação inteligente do ovo escocês, começando com uma azeitona recheada com taleggio embrulhada em salsicha e frita. As pizzas lembram tartines focaccia, chegando como dois grandes triângulos com várias coberturas. O bacon country com cebola caramelizada e creme fraiche é essencialmente uma homenagem à tarte flambee da Alsácia que os paladares aventureiros vão adorar a versão com berinjela defumada, alho assado e burrata feita em casa.


Sopa Walkabout do Outback Steakhouse

A sopa Walkabout no Outback era algo para se falar, ou o quê? Esta sopa saudável e cheesaliciosa inclui queijo Velveeta, cebola amarela doce e cubos de caldo de frango.

Além de ser delicioso, o Walkabout também tinha um significado histórico. Batizada com o nome de Walkabout, um rito cultural de passagem em que jovens aborígines australianos se transformavam em adultos com idade entre 10 e 16 anos, a sopa Walkabout não poderia torná-lo um adulto, mas com certeza poderia aquecê-lo em um resfriado outono ou noite de inverno.


Em apuros: o que fazer se você não gostar da refeição do restaurante

Para algumas pessoas, é fácil informar ao garçom que você não gostou da sua refeição e pedir algo diferente. Mas e aqueles de nós que têm dificuldade em falar abertamente?

Você acabou de pedir uma refeição que parece incrível em um restaurante conhecido. A comida sai e, infelizmente, sua refeição não é de todo o que você esperava. Quer esteja frio, tenha um sabor estranho ou você simplesmente não se importe com ele, pode ser difícil reunir coragem para avisar o garçom. Afinal, não é culpa dele e você não quer causar problemas. Então, o que uma garota deve fazer? Aqui, vemos o que você deve fazer se não gostar de sua refeição no restaurante & mdash e não gostar de reclamar.

Avise o garçom imediatamente

Amy, uma garçonete em um restaurante de café da manhã, tinha um cliente que comeu toda a refeição antes de dizer a ela que não gostava. Se você comer a refeição inteira, pode ser difícil convencer o servidor de que não foi preparada corretamente ou que você simplesmente não se importou com ela. Informe o servidor o mais rápido possível para que eles possam consertar a situação. Todos os restaurantes desejam ter excelentes índices de satisfação do cliente, então permita que eles compensem trazendo um prato diferente ou dando a você um cupom para ganhar uma refeição grátis.

Aceite a oferta deles

Se você não gostar da sua refeição, podemos quase garantir que o restaurante irá insistir em compensar você (por meio de uma nova refeição, uma refeição grátis ou uma combinação dos dois). Aceite sua oferta e tenha uma boa atitude em relação a ela. Mesmo que a má refeição tenha sido completamente culpa do restaurante, eles são humanos e erros acontecem. Role com os socos, coloque um sorriso no rosto e aceite o que quer que eles lhe ofereçam.

Seja amigável

Sua má refeição não é culpa do servidor, portanto, seja amigável e grato. Os servidores lidam com reclamações & mdash frequentemente de pessoas rudes & mdash durante todo o dia. Ter alguém educado reclamando pode fazer toda a diferença no dia do servidor. & # 8220I & # 8217 irei acima e além para aqueles que são educados, pacientes e compreensivos, & # 8221 Amy diz. & # 8220Se alguém é rude, normalmente deixo o gerente cuidar do problema e cuidar da minha manhã. Clientes rudes definitivamente estragam meu dia. & # 8221

O que não fazer

Mesmo que a má refeição seja totalmente culpa do restaurante, você ainda precisa manter a calma e perceber que erros acontecem. Aqui está o que você nunca deve fazer se sua refeição for ruim:

  • Fazer uma cena. Nunca há necessidade de ser alto, rude e desagradável. A mesa ao seu lado provavelmente está desfrutando de sua refeição e permita que eles fiquem em paz!
  • Grite com o garçom. O garçom lhe traz sua comida, ele não a prepara para você. Não estrague o dia dele colocando a culpa nele.
  • Escreva vários comentários negativos online. A menos que você tenha tido uma experiência ruim mais de uma vez, dê uma folga no restaurante e pule as críticas on-line. Se o restaurante foi acima e além nesta situação e excedeu suas expectativas, considere escrever uma avaliação positiva sobre a satisfação do cliente.
  • Recuse-se a pagar pela refeição. Na maioria das vezes, o restaurante oferecerá a você sua refeição de graça. Espere para ver se isso acontece em vez de se recusar a pagar pela refeição desde o início.

Nos digam

O que você fez da última vez que não gostou da refeição do restaurante? Você falou? Compartilhe nos comentários abaixo!


Experimentado e provado: kits de refeição de restaurante faça você mesmo

Chuku’s Chop, Chat, kit de refeição relaxante

As palavras nigeriano e tapas raramente são encontradas lado a lado e, ainda assim, esse é o conceito por trás do restaurante do norte de Londres, Chuku's, que tem reunido clientes dedicados e críticas elogiosas de forma constante desde que abriu suas portas pouco antes do início da cobiça.

Como todos os outros restaurantes, é claro, assim que o mundo fechou no ano passado, a equipe teve que criar rapidamente algumas opções de comida caseira para viagem e faça você mesmo que capturassem a essência de sua comida, além de serem portáteis e não muito complicadas. Daí, seus kits de refeição Chop, Chat, Chill.

Não apenas uma celebração da comida da Nigéria, mas também sua música, filme e arte, o kit oferece acesso através de um código QR a três listas de reprodução fantásticas, bem como alguns filmes e obras de arte escolhidos a dedo para desfrutar antes mesmo de começar a sua refeição .

Depois de fazer isso, no entanto, os fogos de artifício realmente começam. O kit equivale efetivamente a quatro wraps generosos com sua escolha de frango, carne ou tofu como recheio. Tal descrição não captura a profundidade e a complexidade dos sabores que entram nos embrulhos, no entanto, nem o calor também. Esta é de longe a comida mais quente que já foi entregue à minha porta. Cada um dos molhos seria um chute de chili por si só, mas consumidos juntos e completos, você provavelmente poderia explodir seus próprios cabelos.

O wrap também incorpora a excelente quinoa jollof do restaurante e uma salada, cujo molho de mel está quente o suficiente para derreter no ferro. Embora incrivelmente saboroso. A refeição termina com um brownie de inhame, que é ao mesmo tempo rico e de alguma forma leve - um truque inteligente e o final perfeito para um glorioso (e apimentado) kit de refeição. £ 25 chukuslondon.co.uk

Kit acabamento em casa Benares

Apesar da Grã-Bretanha estar inundada de curry, há apenas um punhado de restaurantes indianos com estrelas Michelin, com a capital sendo o lar da maioria deles. Este parece um esquecimento curioso, dada a profundidade e qualidade da culinária do sudeste asiático em oferta. No entanto, apesar de todas as reclamações que alguém pode ter com os restaurantes que não fizeram parte da lista exclusiva da Michelin, é difícil argumentar com a qualidade daqueles que fizeram o corte. Benares é um bom exemplo disso. Tudo nele é luxuoso, desde sua localização em Mayfair, passando por seu interior requintado, até a comida de alto calibre em oferta.

À medida que o bloqueio começa a diminuir, muitos comensais podem estar se preparando para retornar a esses lugares luxuosos, mas para aqueles de nós que não conseguem fazer uma reserva ou ainda não estão totalmente confortáveis ​​em estar fora, Benares continua a oferecer seus kits de acabamento em casa, que são entregue em todo o país todas as sextas-feiras.

Três kits estão disponíveis, incluindo uma caixa de frango, cordeiro ou vegetariana. Optamos pelo kit de frango, no centro do qual estava um curry de frango coberto com erva-doce doce e molho de flores de pedra. Ao lado dele, uma lentilha amarela dal, um prato picante de couve e milho doce e uma salada de edamame, pepino e tomate seco completam a refeição principal.

Todos os ingredientes podem ser colocados direto no micro-ondas ou no fogão, se preferir. O único verdadeiro cozimento necessário é o arroz, que precisa ser fervido, e o naan, que chega como uma bola de massa. A simplicidade de terminar o naan pode inspirá-lo a cozinhar o seu próprio no futuro.

A refeição termina com um doce chamado Meethi Boondi, um prato de pérolas de farinha de grama adoçadas com laranja brilhante, cuja cor e sabor suave é o subproduto de sua infusão de açafrão.

Se você mora dentro do alcance do restaurante de Londres, um menu mais extenso está disponível em seu serviço de entrega em domicílio, mas para todos os outros, esta é a melhor maneira de provar o curry raro com estrela Michelin no conforto da sua própria casa. £ 68 restokit.co.uk

Arros QD Grill at Home caixa mista para duas pessoas

Arros QD é um restaurante cujo nome concentra a atenção diretamente nos seus pratos de arroz, sendo arros a palavra catalã para arroz. Especificamente, trata-se da paella, aquele prato tradicional espanhol que pode ser encomendado em armadilhas para turistas por toda a Espanha, mas que se originou na costa leste do país, em uma pequena cidade perto de Valência.

No entanto, apesar do nome, algumas das coisas mais interessantes no menu do Arros QD são seus pratos não-paella, incluindo suas magníficas ofertas grelhadas. Pedimos a caixa de grelhados mistos do restaurante, que fiel ao seu nome tem um pouco de tudo para todos: alguns camarões vermelhos mediterrâneos, uma grelha de porco marinado ao estilo coreano e um glorioso bife de lombo com molho chimichurri.

Os churrascos certamente ficarão grandes neste verão e este é o kit ideal para visitar. O restaurante também oferece uma caixa de peixes se você for pescatariano em vez de carnívoro. E se o tempo o deixar na mão, tudo pode ser terminado no forno em vez de um churrasco. £ 79 appaway.eu

Finish & amp Feast apresenta Musette de Tom Aikens

Aos 26 anos, Tom Aikens tornou-se o mais jovem chef britânico a receber duas estrelas Michelin. Uma vez acusado de ser esnobe - o restaurante Aikens ’Muse abriu com manchetes zombeteiras no The Sun e no Daily Mail perguntando" este é o menu de restaurante mais pretensioso de todos os tempos? " - as suas caixas caseiras encantam pela simplicidade e acessibilidade.

Sua colaboração com Finish & amp Feast começa com um prato de beterraba, antes de passar para um prato principal de peixe e terminar com uma torta de alfarroba. Mas, abaixo da aparência de facilidade de uso, existe uma profundidade e uma complexidade que são difíceis de compreender até que você as construa por si mesmo. Tomemos por exemplo aquele starter de beterraba. Serve o vegetal de três maneiras: esmagado com pepino e colocado no centro do prato, depois fatiado em fatias finas e finalmente liquidificado em um molho e despejado sobre alcaparras fritas para terminar. Apenas um punhado de ingredientes, mas todos montados com maestria.

O mesmo se passa com o prato principal, que inclui lombo de bacalhau na frigideira, com batata confitada, escarola caramelizada e molho de manteiga de laranja. A própria simplicidade! No entanto, também é intrincado. A sobremesa de chocolate branco e ganache de abóbora, creme de coco e cardamomo e mousse de abóbora parece quase majestosa, com sua coroa de rodelas de coco secas. Aikens tem duas outras caixas em oferta, uma mais carnuda e outra vegetariana, mas é difícil ignorar este banquete de peixe. £ 98 finishandfeast.com

Festa Ibérica em casa

O problema de comer tapas com amigos em um restaurante é que pode ser muito difícil ficar cheio. A menos que você esteja na Espanha, é claro, onde tapas costumam ser baratos e abundantes. No entanto, em Blighty, costuma ser uma maneira cara de comer fora, o que significa que alguém pode sair com o estômago vazio como uma carteira.

Felizmente, a festa de Iberica não apresenta tais problemas. A caixa vem embalada com tanta comida que você realmente terá dificuldade para eliminá-la de uma só vez. E a qualidade em exibição também é excelente. Veja, por exemplo, o jamon. Este não é o seu presunto espanhol comum, mas sim Juan Pedro Domecq 100% ibérico bellota jamon. As coisas adequadas.

Os outros pratos são igualmente bons, desde o enorme tentáculo de polvo, servido à la Gallega com puré de batata e molho de páprica, aos camarões ao cremoso molho de laranja. Adicione a isso dois tipos de pão, azeitonas, bacon para mastigar, cinco tipos diferentes de queijo e duas saladas.

Tudo isso, antes mesmo de você chegar ao prato principal - um pernil de cordeiro espetacular. Esta é a parte da refeição que demora mais a preparar, mas os 45 minutos de que necessita na placa e no forno são o tempo ideal para fazer o seu melhor para terminar de polir as restantes tapas. Embora boa sorte espremendo o cordeiro se você já comeu tudo o resto. Também há cheesecake esperando por você nos bastidores - esteja avisado. £ 130 iberica.vmos.io

Prairie Fire BBQ x Cut Rum Experiência caribenha

Mesmo que o sol e as vibrações da ilha sejam um cenário perfeito, você não precisa realmente estar em uma praia do Caribe para apreciar um prato de frango assado no churrasco e alguns copos de ponche de rum. Porque é exatamente isso que está sendo servido nesta colaboração entre o restaurante de churrasco ao estilo de Kansas City, Prairie Fire, e a marca premium de rum defumado jamaicano Cut Rum.

Esta edição limitada de um kit de refeição e coquetel de inspiração caribenha inclui um delicioso frango inteiro Prairie Fire como prato principal, defumado baixo e lento, servido com arroz e ervilhas ao estilo jamaicano e milho jalapeño como acompanhamentos. Ele também vem com garrafas de 150ml de molho para churrasco Cut Rum Jerk e Prairie Fire Caribbean Hot Sauce para adicionar algum tempero e fogo extra.

E isso não é tudo. Para a sobremesa, há bolos Cut Spiced Rum com “creme” de banana e coco e também dois coquetéis pré-fabricados de 250 ml, Cut Rum Punch de Maracujá.

Preparar a refeição foi muito fácil. Cada prato pré-cozido vem embalado a vácuo, portanto, você só precisa reaquecer de acordo com as instruções. Você pode desfrutar do coquetel enquanto espera ou, se for como nós, beba a maior parte primeiro e depois prepare o banquete.

Três de nós estávamos provando o kit de refeição e havia mais do que o suficiente para todos nós. Custando £ 70, isso representa um valor muito decente para o que está incluído na caixa. Os pedidos precisam ser feitos até o meio-dia às terças-feiras para entrega gratuita em todo o país às sextas-feiras.

Com a socialização ao ar livre de volta à agenda, isso seria ideal para uma pequena reunião. Embora o verdadeiro sabor do Caribe seja garantido, infelizmente o sol não é. £ 70 prairiefirebbq.com

Caixas de bao Yuu Kitchen

Em tempos pré-pandêmicos, bons pãezinhos de bao - pãezinhos leves e levemente pegajosos recheados com uma variedade de recheios - podiam fazer com que multidões fizessem fila na calçada. E uma vez que as técnicas exigidas pelos pães com fermento, os recheios cozidos lentamente e os molhos com especiarias são habilidosos e demorados, é improvável que apareçam na maioria dos menus caseiros.

A menos que a Yuu Kitchen tenha enviado uma de suas caixas de bao, que inclui tudo o que você precisa para fazer uma seleção de bao vegetariano, de frango ou clássico (salmão e porco), tudo acompanhado de molhos, guarnições, grãos de edamame e um par de mousses de chocolate bombinhas para dois. Eles servem dois por £ 50 (frango) ou £ 60 (clássico e vegetariano) e podem ser entregues em qualquer lugar do Reino Unido.

A lista de ingredientes que emerge de cada um pode ser um pouco assustadora, mas o processo é simples: sele a barriga de porco pré-cozida, frite o salmão em um molho de missô e aqueça os pãezinhos de bao no micro-ondas ou no vapor. Então é tudo sobre montagem - e consumo. As texturas contrastantes de pão e recheio complementam os sabores sal-doce-umami, refrescados por condimentos de pepino, daikon e cebolinha. A partir de £ 50 mais entrega em yuukitchen.com

Nutshell Nowruz caixa de festa para dois

Quando o livro de receitas dela Persiana tornou-se um grande sucesso em 2014, a chef iraniana Sabrina Ghayour lamentou para a revista Grazia que, “A culinária do Oriente Médio é muitas vezes envolta em mistério - é o material das noites árabes. É visto como exótico e desconhecido ”, mas na realidade, insistiu,“ não é um verdadeiro reflexo da cozinha simples e honesta que é ”.

Essa simples honestidade está em exibição nesta deliciosa caixa DIY do requintado restaurante iraniano Nutshell, desenvolvida para coincidir com Nowruz, a celebração da primavera que marca o início do ano novo persa.

A caixa contém uma abundância de elementos saborosos, que se somam a um todo deliciosamente comemorativo. A principal atração é a truta frita na frigideira com soubise, erva-doce confitada, pistache e manteiga de limão em conserva, que está estourando de sabor. Ao lado dele está um prato popular de arroz iraniano conhecido como Saffron Tahchin, que você precisa cozinhar da maneira certa para que fique com uma camada superior crocante. Servido com gremolata e casca de tangerina cristalizada é um excelente acompanhamento para o peixe. Há também uma omelete de ervas assada chamada kuku sabzi, que vem enfeitada com pistache e iogurte de sumagre cunhado. E para finalizar, a caixa inclui uma baghlava xaroposa com ruibarbo e xarope de rosa e um bocado de creme coagulado.

Com preço de £ 70, esta caixa é um lembrete de que o exotismo da comida iraniana é uma simplicidade lindamente enganosa. £ 70 nutshell.slerp.com

A Festa do Imperador pelo Império Biryani

Harneet Baweja e Devina Seth, os fundadores dos restaurantes premiados com Michelin Bib, Gunpowder, lançaram um novo serviço de entrega em domicílio, o Empire Biryani. Cozido em todo o sul da Ásia, o biryani é tradicionalmente um prato comemorativo e a versão do Império Biryani vem predominantemente do norte da Índia e do Paquistão.

De acordo com os chefs, o delicado processo de cozimento do biryani leva 36 horas - mas, felizmente, para os clientes, o kit é apenas um processo simples de aquecimento e servir de meia hora, já que é entregue pré-preparado.

O Banquete do Imperador está disponível em carne ou vegetariano. Decidimos pela opção de carne que incluía kebab de boti bovino, salan de berinjela Hyderabadi baby e a estrela do show, o biryani de cordeiro. Coberto com uma deliciosa massa quebrada comestível, o cordeiro era suculento e o arroz lindamente infundido com os sabores da carne.

Sempre que visito um restaurante indiano, sempre escolho o biryani em vez de um curry picante, pois prefiro as opções caseiras da culinária asiática. E devo dizer que a variedade de cordeiro Empire Biryani é a melhor que já provei. Adicionando as especiarias e os sabores dos dois acompanhamentos, é um verdadeiro banquete cinco estrelas.

Se você tiver espaço depois de se encher de arroz e cordeiro, há também um brownie de chocolate triplo com creme de cardamomo frio para enfrentar.

Disponível para entrega em todo o país, a Festa do Imperador custa £ 50 para duas pessoas, mas pode facilmente alimentar três. No entanto, se você é ganancioso como nós, talvez apenas se divida entre dois. £ 50 empirebiryani.com

Home-X chateaubriand edição de surf e turf

Chateaubriand é um belo pedaço de lombo de vaca cortado ao centro, que geralmente é o suficiente para servir dois - se não mais. O que é entregue aqui como parte de uma refeição de surf e turf do-it-yourself extremamente elegante, é uma ideia do conhecido chef Nico Simeone.

Tudo chega em uma caixa de marca chique, cujo conteúdo é 99% reciclável - um toque legal sendo abraçado por cada vez mais kits de entrega em domicílio. Mesmo a melhor caixa pode ser imediatamente minada pela culpa de jogar fora uma montanha de plástico. Esse problema não existe aqui.

No centro da caixa está sua garrafa de vinho correspondente, no nosso caso, uma Les Coteaux Côtes Du Rhône Villages Boutinot 2018. Abra imediatamente e a parte culinária da sua noite irá aumentar.

De cada lado da garrafa estão o surf e o turf - um glorioso chateaubriand envelhecido 28 dias, que só precisa ser grelhado e levado ao forno, e alguns camarões com alho confitado, endro e manteiga de salsa que só quer uma batata frita rápida. Para completar a refeição, estão batatas picantes polvilhadas com 'nduja e um lado de cenouras roxas intensas cujo sabor é aprofundado ainda mais por serem cozidas em gordura de carne.

Toda a refeição termina em alta com um fondant de chocolate e laranja com raspas de laranja, que parece a Laranja de Chocolate Terry mais chique que você já teve. Uma caixa que é assumidamente rica e amanteigada do início ao fim. £ 75 home-x.com

Tiramisu em casa da Crazy Pizza

As origens do tiramisu, a icônica sobremesa italiana “estimulante”, são ferozmente disputadas, apaixonadamente reivindicadas por várias regiões diferentes da Itália. Não é nenhuma maravilha. Se, como eu, você acredita que é uma sobremesa clássica, retrô e chique, terá a oportunidade de prepará-la a qualquer hora do dia ou da noite. É um prazer dizer, um doddle para fazer e um sonho para comer.

Para mim, o caso de amor começou na Pizza Express, aparentemente o epítome da sofisticação quando você é um pré-adolescente cuja família raramente, ou nunca, sai para jantar e você acredita que qualquer coisa com qualquer quantidade de café representa o alturas de classe. São biscoitos savoiardi, mascarpone, ovos, café, cacau em pó e açúcar - a própria simplicidade.

A obsessão só cresceu graças à reencarnação "tiramisini" de Nigella Lawson, em seu inimitável Nigellissima, que se tornou uma Bíblia nos meus vinte anos. Ela amontoa os doces cremosos do café em copos altos e elegantes de martini. De acordo com as notas de Nigella, a crença aceita é que "o tiramisu foi inventado em uma casa chiusa (uma casa de má reputação) para dar às meninas trabalhadoras um estímulo, como o nome (tira-mi-su) sugere".

É uma sobremesa bastante simples e humilde de preparar, mas se você precisa da indulgência adicional de alguém literalmente aparecendo na sua porta com os ingredientes, não procure além da Crazy Pizza, que está trazendo a indulgência italiana para sua cozinha com seu novo Kit “At Home Tiramisu”.

O kit inclui biscoitos Savoiardi, café de qualidade, um saquinho pré-embalado de creme de baunilha e cacau em pó deliciosamente rico e dicas especiais para criar o Crazy Pizza Tiramisu perfeito. Os kits caseiros vêm em duas variedades, um para adultos ou um kit para crianças para aspirantes a meninas que trabalham - quero dizer, padeiros.

Você poderia fazer tiramisu dormindo, estou convencido, o que é parte integrante do apelo. Tudo o que você precisa fazer é molhar os biscoitos no café pré-medido, colocá-los sob as natas e colocá-los na geladeira por 30 minutos. Em seguida, simplesmente polvilhe o cacau em pó por cima. É o convidado ideal para uma festa, pois pode ser feito com antecedência, esperando na geladeira até que esteja pronto para roubar o show.

Eu diria que, no geral, a falta de masala é talvez um descuido com a oferta do Crazy Pizza, mas a beleza da sobremesa é que você pode realmente adicionar sua própria bebida a esta ninharia italiana, ou qualquer outra coisa que você sinta que está faltando. Faça seu próprio, embora talvez não diga aos italianos. O avental e a peneira que acompanham são gestos bonitos e atenciosos e, no geral, a experiência é uma pequena dose de alegria simples em uma noite de inverno. Bellissima!

A Crazy Pizza, que tem lojas em Londres em Marylebone e a partir de 17 de maio em Knightsbridge, está vendendo os kits At-Home Tiramisu por meio de seu site, Supper and Deliveroo. Kit infantil £ 28, kit adulto £ 30 crazypizza.com

Coya Weekend Feast Box

Quando chegou à costa britânica, a fusão das cozinhas peruana e japonesa parecia um estranho choque cultural. Superficialmente, misturar comida sul-americana e asiática pode parecer peculiar, mas o mashup culinário, conhecido no Peru como “Nikkei”, é um subproduto da grande população de etnia japonesa do país. Na verdade, o Peru tem a segunda maior concentração de japoneses na América do Sul (o Brasil tem a maior).

A sobreposição entre as tradições alimentares de cada cultura é óbvia, especialmente a veneração mútua de peixe fresco, que se manifesta no sushi e sashimi no Japão e no ceviche no Peru.

De todos os restaurantes nikkeis que surgiram no Reino Unido na última década, Coya é facilmente um dos melhores, e o Weekend Feast Box "termine em casa" do restaurante mostra o que há de bom na colisão cultural.

O menu abre com dois ceviches - um robalo picante e cítrico com tamarillo, tomates e aji limo, e um salmão mais suave com pimenta amarela suave. A entrada final - Hiramasa a la trufa - é um lindo pedaço de rabo-amarelo dobrado servido com shiitake e trufas.

Para pratos principais, a barriga de porco Berkshire com abacaxi e especiarias chinesas é uma delícia carnuda, enquanto a dourada com pimenta é um pouco mais delicada. Para finalizar, o restaurante acaba de lançar uma nova sobremesa - o Tres Leches - um pão de ló de baunilha com creme de Chantilly de chocolate branco.

Tudo é fácil de preparar, com boas instruções diretas enviadas por e-mail direto para sua caixa de entrada antes da entrega chegar. O restaurante até incluiu cuidadosamente uma lista de reprodução do Spotify com batidas peruanas para acompanhar a sua refeição, acessível através de um código QR. Um acompanhamento descontraído para uma deliciosa refeição de fim de semana. Preço de £ 110 mais £ 10 entrega para duas pessoas coyarestaurant.com

Projeto Tramshed em casa

Atualmente, o leste de Londres está repleto de restaurantes cheios de elegância industrial. Antigos arcos ferroviários, garagens e porões foram todos submetidos a reformas modernas, com iluminação de fábrica suspensa e paredes de tijolos expostos. O Projeto Tramshed é um caso em questão, ocupando - você adivinhou - uma velha bonde listado como Grau II, que foi construída em 1905 como uma estação de energia para a rede de bondes subterrâneos que antes cobria partes de Londres. O espaço reinventado não é apenas um restaurante, mas um salão comunitário, com espaços de trabalho gratuitos, eventos culturais e “espaços de bem-estar” - além de comida, é claro.

Atualmente fechado devido ao bloqueio, o restaurante captou o espírito de convivência subjacente à sua localização, com uma caixa de bricolagem que trata de compartilhamento. Chamado de “kits de refeição de fim de semana”, o restaurante oferece uma seleção de caixas generosas, incluindo um ombro de cordeiro Swaledale assado lentamente, beterraba vegana, aipo-rábano e pithivier de cogumelo, bem como aquele que optamos - um frango inteiro assado alimentado com ervas.

O frango vem pré-cozido, então tudo que você precisa fazer é aquecê-lo no forno, em seguida, adicione o molho de cogumelos, estragão, limão e o molho cremoso missô da casa do restaurante. À parte, você recebe uma porção de repolho hispi com manteiga de malte ancho e vinagre de malte e batatas com alcaparra e molho de chalota e crème fraîche.

Se tudo parece indulgente, certamente é - a caixa tinha muito, mesmo para duas pessoas gananciosas. Servido com duas fatias de torta de caramelo salgado pegajoso, esta refeição poderia facilmente servir quatro, tornando-se um roubo por £ 55. tramshedproject.com

Coq d'Argent

Embora baseado no coração da cidade de Londres, Coq d'Argent agora está entregando seus clássicos franceses em todo o continente da Grã-Bretanha. A comida chega totalmente preparada, portanto, é necessária uma experiência mínima de cozimento. Searing a succulent joint of English rose veal before popping it in the oven with some dauphinoise potatoes was as complicated as it got.

The timings were well thought-through too. While some meal kit creators seem to forget that you’ll need time to eat your starter, the veal and veg will roast happily in the oven while you polish off your pillowy brioche and truffled duck liver pate. And the choux and praline Paris-Brest pudding can be served straight from the fridge.

The two-person kit (£120 with veal, £90 with lamb) includes a very generous portion of meat, which furnished a few rounds of luxury leftover sandwiches the next day. A vegetarian kit (£80 for two) includes an equally indulgent watercress veloute with roquefort, followed by comte and leek tart with truffle dressing. Book at least 48 hours in advance for deliveries on Thursday, Friday and Saturday. danddlondon.com

One Fine Dine

The usual trade-off with DIY food delivery boxes is that the more complex the food, the more work you have to do in the kitchen. One Fine Dine short-circuits that equation by delivering food that genuinely looks as though it could have been served up at a three Michelin-starred venue with an absolute minimum of fuss.

Now the company, which was launched by entrepreneur Daniel Hulme as a supplier for private jets (and hence very discerning clientele), has produced its first ever limited-edition Valentine’s menu which is available until the end of February for anyone who wants to keep the romance alive just a little longer.

The three-course menu offers several impossible choices do you start with the Cromer crab and crayfish, with mango salsa or the roulade of confit duck with heritage carrot salad? For your main course do you turn to the sous-vide Cornish monkfish wrapped in pancetta or the roasted cannon of Langley chase lamb? And to finish, a dark chocolate fondant is pitted against One Fine Dine’s prosecco-infused take on an Eton mess. Your best bet might be to do some sharing, though with food this good that may come as a test for even the most established of relationships. £195 onefinedine.com

Black Bear Burger

The humble hamburger might just be the perfect lockdown food. A good burger can conjure the “before times”, when the world was open and terms such as covidiot, lockdown and R-rate would have meant very little to any of us times when you could pick a burger up before seeing a film with a friend, wolf one down on a day filled with meetings, or settle in at a hip joint like Black Bear for an evening of cocktails, craft beers and calories.

Those days come flooding back when you bite into one of Black Bear’s at-home offerings, which really are the pure essence of good burgering: a high-quality beef patty, springy bun sprinkled with sesame seeds, slice of cheese and a smattering of tasty sauces and garnishes. The team has also created a “how to” video on their site with tutorials to help you cook your burger just right. A culinary reminder of how the world used to be, and a vision of how it surely will be again before too long. blackbearburger.com

Aquavit

A good DIY restaurant box will endeavour to make your life easy, with enough pre-cooking and shortcuts that you only really need to heat things up. However, some restaurants’ offerings underscore exactly why haute cuisine is so very haute. You simply don’t get a Michelin star by putting a slice of steak on a white tablecloth. Aquavit’s pre-order hampers are a case in point: delicious award-winning food, but not without a little bit of work.

That said, it is not an enormous amount of work, but the four courses here will call on quite a few of your plates and saucepans, as well as several of your hobs, your oven and your microwave. They will also have you thinking ahead to the next course while you are eating the current one, to ensure you don’t have to endure long breaks between plates. That said, if you plan your evening to be shaped around the kitchen, with a nice bottle and a fun playlist, then this will be the perfect meal kit.

There are three boxes on offer, each designed to serve two people. We tried the meat and fish boxes, which each had some unmissable highlights. The meat hamper’s starter of black pudding wrapped in lardo with lingonberries was an absolute knockout, while the pinnacle of the fish box was the snap-fresh Houghton spring trout, served with a creamy Sandefjord sauce and pop-in-your-mouth fish roe. Four courses is very generous, and all of them are worthy across both boxes, but it might be a more balanced meal with one savoury dish fewer and a dessert of some kind to finish off. Still, the price is very fair and food of this calibre is definitely worth the small amount of fuss. aquavit.slerp.com

Après Food Co.

“Health-focussed food” may not sound like the most delicious prospect to those of us not currently enrolled in veganuary, dry January or any other kind of new year self purge. Yet these “nutritionally-balanced, restaurant-quality dishes” from the popular Clerkenwell restaurant, Après Food Co., definitely deliver on the promise. Similar to the food served in the restaurant, the meals all aim to eradicate as much processed and unnecessarily refined ingredients as possible. All the dishes are gluten free and dairy is kept to a minimum.

We tried out the 12-hour slow-cooked Sri Lankan lamb curry and the 15-hour slow cooked boeuf bourguignon. Both rich and tasty, with the meats taking on a great deal of flavour thanks to the slow-cooked treatment. You can pick as many dishes as you want from the extensive menu, or go for one of the three, five, or seven-day boxes, which nudge you towards specific collections (though still offering some choice).

Après Food Co. also makes great breakfast options, such as smoked haddock kedgeree and shakshuka with garlic potatoes. A great way to pad out your pantry with easy-to-prepare meals that may be health-focussed, but not at the expense of flavour or satisfaction. apresfood.com

Sartoria at Home

Luxury Italian restaurant Sartoria, in London’s Savile Row, has extended its reach to the whole country with a courier-delivered menu of fine Calabrian dishes. A quick glance at the menu might intimidate the novice: few home cooks would take on veal with tuna sauce, followed by lamb ragu with ’nduja and then cured black cod with onion jam, potatoes and cavolo nero - all topped off with a mercifully light pistachio cake. But each element of the meal comes prepped, marinated and portioned up ready for arranging (the veal), reheating (the ragu) or cooking from raw (the cod).

The extravagant four-course feast (plus bread and olives) could be comfortably divided into two meals if you wanted to make a day of it - or enjoyed in one extended sitting, with plenty of time for wine and conversation between courses. Several of Sartoria’s sister restaurants are also offering home delivery. danddlondon.com

Salon

If you live in south London and are looking for something local and delicious, Brixton neighbourhood restaurant Salon has launched an all new delivery service to bring its delicious seasonal menus direct to your door. Executive chef Nicholas Balfe has adapted some of the restaurant’s best-known dishes into a deliverable three-course menu, built around seasonal ingredients which have come almost exclusively from local growers and suppliers within a two-mile radius of the restaurant.

Priced at £59 for two, the monthly set menu begins with a selection of starters including Salon’s sourdough, whipped butter and cheese custard followed by a pork and prune terrine, and Cornish beetroot, goat’s curd and bitter leaves. An option of roast Jerusalem artichoke, Roscoff onion and watercress salad is available to those taking the vegetarian option, as The Week did. For mains, you can choose from either braised venison and potato pie, or a pumpkin cannelloni, cep béchamel and Berkswell for non-meat eaters. To finish, the chocolate ganache and coffee mousse goes down exceptionally easily. Hearty food, made with heart. salonbrixton.co.uk

Hoppers

If any restaurant group was going to cope with all things Covid, it was probably JKS. With outlets that cover so many bases - the Spanish Sabor, the modern British Lyle’s, the Asian joys of Bao and the Iranian kebabs of Berenjak to name but four - flexibility has long been one of its watchwords. Adding a home delivery aspect to many of the brands, including the ever-popular Sri Lankan/south Indian Hoppers, has been handled with aplomb.

The Hoppers kit – via the brilliantly named new outlet Cash & Kari – takes some punchy restaurant favourites and translates them to the home market without any noticeable loss of spice or flavour. While there’s a little bit of work involved in layering ingredients, flavours and spices to Hoppers’ usual standards – some assembly is very much required – instructions are clear, and even the most novice of cooks should be able to cope.

If there is a complaint, it’s that this step-by-step approach might deliver a near restaurant experience but also generates a LOT of packaging. Portions are VERY generous though and around £45 bought more than enough paneer kothu roti, breadfruit curry, sides and snacks to feed two hungry adults for two meals apiece. hopperscashandkari.com

Santo Remedio

When it first opened in Shoreditch, it only took one visit to realise that Santo Remedio was London’s best Mexican restaurant. Sadly, due to assorted local problems, one visit was all most of us got and they were forced to close. However, one hugely successful crowdfund later and Edson Diaz-Fuentes and his wife Natalie reopened in London Bridge, where they’ve been producing spectacular plates for the last three years.

They’ve risen to the challenge of the pandemic in a similar positive manner, with the creation of the Home Remedy kits, offering a choice of Duck Carnitas, Bone-In Short Rib or Slow Cooked Lamb Shank meals for two, with all the trimmings, that can be delivered anywhere in the UK. The Duck Carnitas kit cooked like a dream, thanks to easy to follow, very simple, colour-coded instructions and unboxing-to-table took around 25 minutes.

Reflecting Edison’s and Natalie’s sense of hospitality, portions are generous: the box created a hearty lunch for two and leftovers for a couple of other light meals plus some fun snacking. Everything is included from tortillas to black beans, salad dressings to salsas: a bright, fruity gooseberry one to cut through the duck, alongside a generous pot of their customary, borderline painful but hugely addictive fiery one. santoremedionationals.slerp.com

Clay’s Hyderabadi

It’s not just the big boys and celebrated London restaurants that have pivoted beautifully in the global madness. Step forward husband and wife team Sharat and Nadana Syamala of Clay’s Hyderabadi, who’ve mastered preparation, vacuum sealing and packaging and, as a result, successfully taken their catchment area from Reading to the length and breadth of the UK. To which we can only say, well, lucky UK.

When researching this article, and polling social media for suggestions of who to include, a number of west-based food writers and the like raved about Clay’s Hyderabadi, e.g., “it’s our local but it’s AMAZING”, or “we had to move from the area and it’s the thing we missed most but they’ll now deliver anywhere!”. They were absolutely right. This gem is turning out food on a par with some of London’s finest, with unusual dishes and homestyle recipes from Sharat’s and Nandana’s families.

There’s a phrase that pops up a lot in mom and pop places across that US that “the secret ingredient is love” and it’s always seemed mawkish and nauseating. One spoonful of Clay’s tomato dal though and you’ll understand what they mean. Packaging and delivery are reliable, everything reheats with ease, either in a pan, via microwave or, rather brilliantly for those of us whose first experience of curry was Vesta, boil-in-the-bag. Rest assured, however, that Vesta this is not. This is first class, well priced, mood-improving, life-enhancing, unapologetically spiced soul food of the highest order. Fill your boots, fill your plates, fill your freezers. You won’t regret it. clayskitchen.co.uk

Smokestak

Back in the old days, this reviewer had the utter joy of watching a group of visiting Texans freak out a little over dinner at Smokestak. Talk on arrival had been of the “oh, look, ain’t it quaint, London trying to do BBQ” variety. A few bites in and they had to agree that David Carter’s Shoreditch restaurant was at least on a par with what Texas had to offer (and, privately, a couple grudgingly admitted Smokestak was better).

Carter’s creativity – seriously, the coal-roasted aubergine, with red miso, feta and toasted cashew is one of the finest sub-£10 spends in the capital – now extends to sending out his slow-smoked meats across the UK. Instructions are clear (although in the tiniest print known to man, in case you’ve not managed to get an eye test in lockdown), and the tested Brisket Bun Kit – £30 for four – assembled easily and deliciously.

Everything you need for this decadent sandwich is included, from four of the softest buns known to humanity, to the pickled red chillies and sauce. There’s even a little pot of beef dripping to brush on one side of the bun. smokestakshop.co.uk

Bocca di Lupo

Bocca di Lupo, the award-winning Italian restaurant in the heart of Soho, has come to the rescue of lockdown-weary Londoners. Its offerings for November were from the region of Puglia, with a meat, fish and vegetarian option. We opted for the meat dish, which comprised Capunti pasta with sausage ragù and an extremely generous portion of honey and rosemary lamb shoulder with pepperoni mollicati to follow.

The Capunti was expertly made and very fresh – with the perfect amount of bite that works wonderfully with the meaty homemade sausage sauce. The lamb effortlessly fell away from the bone with the lightest touch, and the roasted peppers were the perfect accompaniment to the rich meat. To finish off, the very naughty Tette delle monache might just succeed in bringing a smile to your face.

Regulars at Bocca di Lupo will know that it has, for many years served the Roman specialty – Le Palle del Nonno (Grandfather’s balls). Tette delle monache are cream-filled “Nun’s tits” of Apulia, pastry puffs with a delicate lemon scented pastry cream. The directions: “Eat possibly erotically, certainly with abandon.” Well, when in Rome… The instructions were clear and easy to follow, and the accompanying Alice no Pais das Maravilhas-esque jam jar of perfectly punchy Negroni almost succeeded in transporting us to Southern Italy on a wintry Friday evening.

If you’re in the mood for Italian at home, these guys truly know what they’re doing. boccadilupoathome.com

Ampéli

Ampéli in Fitzrovia, London, has launched its first finish at home meal delivery menus for autumn, with a wonderful selection of dishes which you would find on tables across Greece and the Eastern Mediterranean.

There are sharing plates to begin with – including favourites such as Ampéli’s salt cod croquettes pulled beef croquettes with harissa mayo roasted cauliflower with labneh, green olive tapenade and pine nuts as well as roast leek with almond dukkah and herb dressing. The pulled beef is a particular triumph – one of the best offerings this reviewer has so far sampled in a home meal delivery kit.

The main event – a choice of either roasted monkfish, braised fennel, courgette, ouzo aioli and fish soup or slow cooked lamb shoulder souvlaki, zhoug, citrus potatoes and feta dressing - is ambitious for a takeaway, but confident. To finish, Ampéli’s chefs have created a delivery version of their rizogalo. It’s a deeply comforting Greek rice pudding with cinnamon and punchy blackcurrant preserve. There’s also a mixed nut baklava cigar with mountain tea syrup.

To wash it all down, Ampéli has created an abbreviated autumn edit of the Ampéli wine list which is available for delivery along with each feast box, featuring dynamic producers from emerging regions of Greece. The food came beautifully packaged and the instructions and allergen information was clear and welcome. This is a great option for sharing, particularly as the dipping sauces travel so well and offer great variety within one meal. ampelilondon.slerp.com

Lyle’s provisions boxes

One of the most enjoyable things about eating at Lyle’s restaurant, when it is not closed due to lockdown, is the understatement of the space, the staff and even the menu itself. The whole experience is one of deceptive complexity, where the artistry is hidden behind a veneer of restrained table settings and simple decor. That same quality has been transposed perfectly to the restaurant’s magnificent new Provisions boxes, which arrive in refined packaging complete with everything you need for a Michelin-starred meal at home.

What’s more, it genuinely couldn’t be simpler to put together with crystal clear instructions leading you through each step and the majority of the cooking having been done for you by the kitchen. Really, you are just reheating, with the exception of the 14-week hung Dexter rib, which you can cook to your own preference. Like it bloody? Take it off the heat after a few turns. Prefer it well done? Keep it over the flame for as long as you wish.

The whole menu is filled with highlights, from the creamy pumpkin and whey soup to the unctuous quince sponge with vanilla custard, via a show-stopping crab and barley porridge, which instantly transports you to the seaside. The restaurant has two dinner kits to choose from - the classive Lyle’s Menu kit or the seasonal Game Menu kit. Both are very generous this reviewer and his partner chose to split the meal over two sittings. At £140, the boxes aren’t cheap, but the price genuinely reflects both their value and quality. lylesprovisions.com

Dishpatch

Founded in March just as the coronavirus pandemic hit the UK, Dishpatch is a delivery service that brings food from some of the UK’s best restaurants straight to your door. Initially, the idea was to sell restaurant suppliers’ produce so that it didn’t go to waste, but the service has now evolved and Dishpatch has partnered with an impressive collection of well-known restaurants to create DIY meal boxes that can be prepared at home.

The roster of participating restaurants changes each month but The Week tried out London restaurant Crispin’s Tuscan feast, which includes a burrata (the world’s greatest cheese in this reviewer’s opinion) which is served with ham, pear and basil oil, a Ribolitta - Tuscany’s famous bread soup - rich beef cheek tagliatelle with a side salad, and a pair of panna cottas with figs to finish off. Separately, the restaurant has set up the Crispin Wine Club, a flexible subscription service that brings you wines recommended by Crispin’s in-house sommelier Stefano Cazzato. A perfect accompaniment to your Tuscan feast.

Of course, if you’re not in the mood for Italian, Dishpatch also has a slow-cooked short rib from 10 Greek Street, a Thai feasting menu from Farang and a Mexican street food fiesta from Tacos Padre. Make sure to place your orders early because the rotating monthly menus sell out fast. dishpatch.co.uk

Moore House Cocktail Company

All the best restaurant experiences begin with a drink at the bar before sitting down to dinner. But how can you reproduce the experience of a chic cocktail lounge when stuck at home? Either by investing in a cocktail shaker and a huge cupboard of spirits, or with the help of the Moore House Cocktail Company.

Everything you need for a pre-dinner cocktail party comes in this handsomely designed kit, which includes cocktails in smart little bottles and dried fruit or garnishes appropriate to your drink. The only thing you need to do is add ice and shake (or stir if that is your preference).

The Week tested out an Old Fashioned, a Negroni, a Salted Caramel Espresso Martini and Spicy Margarita - all delicious, especially the Margarita which was not too sweet and dangerously moreish. Of course, it will help if you can serve each drink in precisely the right glasses, but even if all you have to hand is tumblers, the quality of the cocktails shines through. The only struggle will be reminding yourself to drink responsibly. moorehousecocktails.co.uk

Club Mexicana

Club Mexicana has a cult following across London and it’s gone from strength to strength from its pop-up roots, now with a dedicated bricks and mortar home in Kingly Court. The Mexican-inspired street food is 100% vegan and the team have developed a range of DIY boxes that can be assembled at home.

Nachos and a mega taco box offer a bump up on its sell-out signature options that range from Al Pastor to BBQ Short Rib and a Cheezeburger Taco kit. Accompanied with a range of plant-based toppings and seitan that comes marinated in secret spices, these kits provide a sustainable evening at home for those looking for something a little different. clubmexicana.com

Dirty Bones

Dirty Bones has been a long-standing member of London’s American dining scene and although closed for the majority of 2020, it has worked hard to bring unique dishes to the homes of many.

Inspired by New York City’s dining scene, the DIY kits bring a slice of America to the table with four unique burger kits: the Classic, the Hero, the Vegan Chili Cheese and the most famous of the bunch, the Mac Daddy which is topped with a layer of mac ‘n’ cheese. If you’re after the full experience, order the lamb fries kit for an even more elevated evening of comfort eating. designmynight.com

Blacklock At Home

Blacklock is placed on a pedestal when it comes to its affordable and quality cuts. Steaks come saddled with flavour and the £5 cocktail menu is known to be cheaper than a return journey from zones one to three in London.

Blacklock has rustled up a handful of DIY boxes that can be delivered nationally for the coming months, bringing the experience to people’s homes when it’s not possible to dine out. Steak night for two, £56, includes chop sauce, beef dripping chips, kale and parmesan salad and a white chocolate cheesecake for dessert. Bar refreshments are also on offer, with eight serves of the classic old fashioned setting you back a mere £25. theblacklock.com

One Fine Dine

Turning out perfectly presented plates might look like it needs years of culinary training, but it turns out it can be done with just a microwave, an oven and a few simple instructions. Originally devised for exclusive private jets, One Fine Dine is effectively a DIY meal kit featuring top-level ingredients (think Oscietra caviar and Wagyu beef) that can be produced in even the simplest of galley kitchens.

The ingredients are delivered in clearly marked boxes, so you can quickly identify which elements go with which. It is then down to you to follow straightforward heating and plating instructions which are almost foolproof (almost - our chocolate fondant suffered slight collapse, but still tasted delicious).

It isn’t cheap, but the food looks and tastes spectacular. And given the simplicity of preparation it all feels somewhat like gastronomic witchcraft. One Fine Dine also offers a Christmas menu, starting from £60 per person. onefinedine.com

Church Road, Elystan Street and Kitchen W8

Phil Howard’s trio of west London restaurants have - Michelin-starred Elystan Street in Chelsea, Kitchen W8 in Kensington and Church Road in Barnes - contribute to an ever-changing food-to-order menu, consisting of classical European dishes, cooked to the restaurants’ exacting standards and ready to revive in your oven (main courses from £28).

A luxurious affair, the three-course dinner has an indefinable cheffiness that’s hard to reustle up in a domestic kitchen. Whether it was the richness of the soup, the piquancy of the coq au vin sauce or the delicacy of the fig and almond tart, the sample Sunday lunch would have been hard to pass off as the work of even the most ambitious home cook.


ZuZu Handmade Mexican Food

All of ZuZu's signs and menus proclaim in large block letters: "Handmade Mexican Food." It's not just an empty slogan proprietors Russell and Laura Arnold are quite dedicated to the concept and have zero interest in preparing food any other way. "Virtually everything we serve is prepared on the premises," says Russell, "and we make it all the freshest, healthiest way we know how." Not only are all the salsas, sauces, and side dishes made in-house daily ZuZu goes the extra mile and bakes its own double-cream flan, mixes its own signature rosemary-lime vinaigrette, and pats out its own fragrant corn tortillas.

The Arnolds are equally serious about keeping it healthy. ZuZu does not use lard instead, the refried black beans are made with olive oil, epazote, and vegetable stock. The Spanish rice is also made with vegetable stock and is studded with peas and freshly diced carrots. In addition to enchiladas, tacos, burritos, and other favorites, ZuZu offers entrée salads topped with grilled fish, chicken, and steak. These things have made ZuZu a favorite with the health- and fitness-conscious, as well as with parents of young children.

The flavor, happily, remains pure Mexican both ZuZu locations are staffed largely by the extended families of sisters Maria Hernandez and Fausta Cornejo. The sisters, both managers at ZuZu, originally hail from the Michoacán region, and their skill keeps the authentic flavor of Interior Mexico in every dish.

One look at the fresh salsa bar, and you know you're in for a first-rate meal. Nestled in a huge quantity of crushed ice are huge bowls of salsa: roasted poblano red table salsa, well-balanced and versatile dried cascabel-chile salsa, very mild, thin, and smooth chunky pico de gallo and ZuZu's unimpeachable roasted tomatillo salsa verde. Truly, the salsa verde is perfection: mild yet robust, complex, flavorful, and unforgettable. Along with the salsas are bowls of freshly chopped onions, generous lemon and lime wedges, minced fresh serranos, heaps of fresh cilantro leaves, and chilled sour cream.

When ZuZu opened in 1984 on Bee Caves Road, it was part of a small chain of franchises. As the chain grew, the corporate bosses wanted the stores to move away from fresh ingredients and use cheaper, mass-produced foodstuffs. The Arnolds rebelled and convinced the ZuZu chain to cut them loose. They relocated to North Austin and ever since have been an independent, locally owned restaurant. (The rest of the chain, deservedly, went under.)

What they did retain from the early days are clean, brightly colored dining areas and speed. Every dish is handmade to order nevertheless, the food comes out very promptly. The ZuZu ambience is low-maintenance, flooded with sunlight, and kid-friendly, whether you're inside or on the patio. (Every time I've been in, there have been families with children, no doubt because ZuZu offers a sizable, inexpensive children's menu.) The regular menu is extensive, as well, even before you add in the daily chalkboard specials. Nearly all of ZuZu's entrées offer two of their five side dishes: rice, black beans, roasted corn relish, ancho-roasted potatoes, and green salad. After a lifetime of Spanish rice and refried beans, I'm impressed (and grateful) when there are other choices. The roasted corn relish is starchy and sweet, served chilled, and dressed with rosemary-lime vinaigrette. The green salad is dressed with the same dressing, which is light and pleasant. The roasted potatoes, however, get the gold star diced into bite-sized pieces, lightly seasoned, and hot from the oven, they are delightful.

The ZuZu queso and chips ($3.75) is a nice big tub of smooth, deceptively thin queso with intense cheese flavor and undertones of roasted poblano. The migas platter ($5.25) holds its own against any in town: The eggs are scrambled with sautéed red bell peppers and onions, chopped poblanos, corn chips, and mozzarella cheese, and served with a side of roasted potatoes and fresh fruit. The queso-topped chimi­changa ($6.95), filled with rice, beans, and mozzarella, is the perfect size and has a wonderful texture &ndash the flour tortilla crisp yet slightly softened by the hot queso. But it's the Catfish BBQ Tacos ($7.95) that will keep me coming back. The soft corn tortilla contrasts sublimely with the crunchy exterior of the sweet catfish. Nestled alongside the spicy fish are slices of cool avocado and daubs of tangy barbecue sauce. It's a flawless blend of flavors and textures.

ZuZu's flan was voted Best Flan by The Austin Chronicle in 2001, and once you try it, you'll be loathe to leave without ordering it. It's outrageously creamy, with a dense texture and pronounced vanilla flavor. Both locations serve iced tea, mango-peach caffeine-free iced tea, a variety of soft drinks, fresh lemon- and limeade, coffee, and beer. The newly opened West Lake location has frozen margaritas, as well.


Block Reason: O acesso de sua área foi temporariamente limitado por razões de segurança
Tempo: Sat, 22 May 2021 11:24:30 GMT

Sobre Wordfence

Wordfence é um plugin de segurança instalado em mais de 3 milhões de sites WordPress. O proprietário deste site está usando o Wordfence para gerenciar o acesso ao site.

You can also read the documentation to learn about Wordfence's blocking tools, or visit wordfence.com to learn more about Wordfence.

Generated by Wordfence at Sat, 22 May 2021 11:24:30 GMT.
Horário do seu computador:.


How to Maintain Consistency in Your Restaurant Food, Service, and Atmosphere

It’s important for restaurant managers and owners to be able to pinpoint where things need to improve in their restaurant. Often, when the food, the service, or the atmosphere suffers inexplicably, it’s a case of inconsistency.

This has probably been apparent to you as a restaurant guest yourself! You decide to make a second (or third or fourth) visit to a restaurant because you loved something about your first experience. Maybe it was a particularly delicious dish, or a great cocktail you ordered, or the service was particularly stellar. But then on a repeat visit, the consistency just wasn’t there.

Whatever enticed you about the restaurant the first time around wasn’t up to snuff. Suddenly you aren’t sure that you want to come back a third time because you can’t be sure the next time will get it right, either. In essence, inconsistencies can lose your restaurant the trust of your customers, and could lose your repeat visits.

The good news is there are ways to improve on your areas of inconsistency. By practicing better processes in your restaurant, you can make each guest’s experience more consistently excellent.

Documentation

Above all, the biggest fighter against inconsistency is having proper procedures and processes documented. This is a key step toward the goal of consistency in every aspect of the restaurant operation that many owners simply skip out on. Just “operating” without a set of written responsibilities, accountabilities, and processes will inevitably lead to downfall in both efficient performance and customer satisfaction. Things that should be thoroughly documented include:

  • Set shifts
  • The organizational chart, including knowing who is the “boss”
  • Job responsibilities
  • Daily checklists
  • Station components
  • Receitas

Training

Arising directly out of having proper procedures is the need to implement them through training. If you give your staff the time and attention to nail down exactly how things should be done in your restaurant, mistakes will slim down as well.

Training isn’t just drilling their responsibilities into their heads, but giving them the confidence to do their jobs well each and every shift. If they have the confidence that they know exactly what needs to be done and how to do it, there will be less chances of inconsistent work.

You should offer in-depth training when they are first hired onto your staff, but don’t stop there! Make sure to schedule occasional training refreshers throughout the year for all your staff. That way, if things have changed in your shift or employees are simply confused about a particular aspect of their job that wasn’t properly defined, you can take questions and everyone can get on the same page.

Limpeza

When it comes to the ambiance of your front-of-the-house (as well as the cleanliness of your business as a whole), being consistent in your cleaning regime is so important. Making sure to have a specific list of cleaning duties for each shift — and having that list followed to the letter — will help ensure no one aspect of cleaning goes ignored. Guests can tell when aspects of your restaurant — from the menus to the tables to that ceiling fan — haven’t been cleaned.

Maintenance

Another aspect it’s easy to fall behind on in your restaurant is maintenance. Too many managers take “if it ain’t broke, don’t fix it” a little too literally and assume they don’t want to do anything for their equipment unless it’s breaking down already. But if you’re able to keep up with a maintenance schedule for the various equipment in your kitchen, from oven to your HVAC system, there’s a much better chance of them running consistently smoothly and not breaking down on your unexpectedly.

Maintenance goes for the front of the house as well. Ensuring your furniture, plates, silverware, flooring and dining room ventilation is kept up both makes sure the guests enjoy their meal and makes sure you don’t have to replace them over and over.

Set recipes

If you don’t have properly set recipes for each of your dishes, you’re going to have problems with portion control. If your cooking staff is left to guess what constitutes a portion for any one dish, you’re going to have major inconsistencies between plates.

This could mean running out of steak in the middle of the shift because one of your cooks has been slicing it too thick. It could mean guests who only got a half of the sautéed veggies they should have for their sides. It could mean a cocktail not tasting right because they used half the liquor they were supposed to and too much of the bitters. Yes, some of this can get fixed with proper training with proper training of your staff, but if you don’t have the set recipes to begin with, their training will be flawed.

And while your kitchen staff won’t be checking the recipes during every single shift, having them written down and on hand at your establishment means they can turn to the recipe if there’s ever any question about the dish. This saves valuable time and ensures mistakes aren’t made. And if a server is asked a dietary question about one of the dishes, being able to go to the set recipe (and be confident your cooks are following it to the letter) can be a helpful way to get your guests the info they’re requiring.

Simplify

If your staff is still struggling, it might not be the training that’s the problem — you might be making the food and service too complicated. Even the most seasoned restaurant worker can only do so much to keep up with an overly complex and inefficient recipe or serving set up. Not only does this give your guests a less than perfect experience, but it can also frustrate and wear out your staff. If your staff is consistently being inconsistent, you should start looking at these processes. Simplify where it makes sense to simplify.

Once you’ve developed that sense of consistency, there are four impressively strong ways to increase your restaurant sales. Download our free eBook “The Only 4 Ways to Increase Restaurant Sales” for more details.


  1. Getty Images
  2. Getty Images
  3. Getty Images
  4. Getty Images
  5. Getty Images
  6. Getty Images
  7. Getty Images
  8. Getty Images
  9. Getty Images
  10. Getty Images
  11. Getty Images
  12. Getty Images
  13. Getty Images
  14. Getty Images
  15. Getty Images

Nutritionix: “Ham and cheese omelet,” “Bacon double cheeseburger,” “Baby back ribs, full rack,” “Chicken alfredo,” “Pepperoni Stromboli,” “General Tso’s chicken,” “Beef chimichanga,” “Tikka masala,” “Pad Thai,” “Loaded baked potato,” “Long Island,” “Cherry cheesecake.”

HealthyChildren.org: "Choose This, Not That: Healthy & Unhealthy Choices at Fast Food Restaurants."

Berkeley Wellness, University of California: “7 Incredible Lentil Recipes,” “Best and Worst Indian Foods,” “Is Lamb Red Meat?”

Harvard Health: “Fried Foods Linked to Earlier Death,” “Salad greens: Getting the most bang for bite.”

BreastCancer.org: “Portion Size.”

Mayo Clinic: “Dessert Recipes.”

Reviewed by Kathleen M. Zelman, MPH, RD, LD on December 19, 2019

This tool does not provide medical advice. See additional information.

THIS TOOL DOES NOT PROVIDE MEDICAL ADVICE. It is intended for general informational purposes only and does not address individual circumstances. It is not a substitute for professional medical advice, diagnosis or treatment and should not be relied on to make decisions about your health. Never ignore professional medical advice in seeking treatment because of something you have read on the WebMD Site. If you think you may have a medical emergency, immediately call your doctor or dial 911.


Assista o vídeo: Como avaliar restaurantes no site Restaurante Saudável? (Outubro 2021).