Receitas tradicionais

10 chás de ervas que podem curar você apresentação de slides

10 chás de ervas que podem curar você apresentação de slides

Lavanda

Mais suave do que sua forma de óleo essencial, a lavanda de cheiro adorável é disse ter benefícios que vão desde ajudar na digestão e acalmar a azia até ajudar com a insônia e a ansiedade. Este último é atribuído aos componentes encontrados no óleo essencial de lavanda, a saber, álcool perílico, linalol e geraniol. A capacidade do chá de lavanda de ajudar na indigestão, por sua vez, deve-se às propriedades de alívio de gases.

Para fazer o chá, coloque uma a duas colheres de chá de folhas de lavanda em uma xícara de água quente por cerca de 15 minutos.

Chá de gengibre

A raiz de gengibre tem sido usada na medicina tradicional chinesa há séculos para ajudar a curar condições variando de dor de estômago e indigestão a artrite. A lista de supostos benefícios à saúde também inclui atuar como um remédio para o resfriado comum e a gripe, prevenir náuseas e ajudar diminuir o colesterol. O poder curativo deste chá é geralmente atribuído aos seus óleos essenciais e à alta quantidade de oleorresina que ele contém.

Prepare um copo descascando a camada externa, cortando a raiz em tiras finas e fervendo em água quente por 15 a 20 minutos antes de coar.

Chás de Capim Limão

Além de ser uma deliciosa e singular erva rica em vitaminas, a erva-cidreira também faz um bom chá. A planta tropical tem sido tradicionalmente usada para o alívio da dor e da febre, ajudando nos problemas de estômago e ajudando a aliviar a tensão muscular, só para citar alguns. Talvez de maior interesse, no entanto, seja a pesquisa mais recente sobre o potencial do chá propriedades de combate ao câncer. Os saquinhos de chá da erva podem ser encontrados em muitas lojas, mas você pode preparar um lote com a mesma facilidade com folhas frescas, que estão cada vez mais disponíveis nas seções de ervas frescas dos supermercados.

Chá Rosa Mosqueta

Um ingrediente comum em muitas misturas de chás de ervas, esta fruta da planta rosa confere uma acidez agradável a uma infusão devido ao seu alto teor de ácido ascórbico (uma forma de vitamina C). Na verdade, muitos suplementos de vitamina C de origem natural são feitos a partir das pequenas frutas. Portanto, se você quiser matar a sede e receber uma megadose de vitamina C, este chá é o caminho a percorrer.

Chá de camomila

O chá de camomila sutil, suave e aromático há muito acalma os insones e os excessivamente ansiosos. A flor, semelhante a uma margarida, tem associações profundas com o alívio do estresse, insônia e indigestão. Facilmente encontrado na seção de chás de qualquer mercado, pode ser comprado solto ou em saquinhos pré-fabricados.

Chá Catnip

Wikimedia Commons / Jon Sullivan

Sim, as pessoas também podem comer erva-dos-gatos. Mas não se preocupe - ao contrário do efeito estimulante que a planta tende a ter nos gatos, é na verdade disse ter um sedativo efeito em pessoas que bebem chá feito com folhas secas. Membro da família da hortelã (também conhecida como hortelã), acredita-se que a planta também ajuda a aliviar dores de estômago.

Chá de hibisco

Também conhecido como Flor de Jamaica, o chá de hibisco demonstrou possivelmente ajudar a reduzir a hipertensão e está sendo estudado na Índia como um medicamento complementar no cuidar do diabetes. Também torna uma bebida adorável e frutada à base de ervas, popular em várias formas em todo o mundo. Muitos países das Índias Ocidentais fervem as flores secas e adicionam especiarias e açúcar ou mel para fazer uma bebida deliciosa chamada azeda.

Chá de Cominho

Os cozinheiros, sem dúvida, estão bem familiarizados com esta planta aromática como um agente aromatizante maravilhoso, mas os bebedores de chá de ervas são mais propensos a falar com você sobre os benefícios para a saúde. Diz-se que os chás feitos com as sementes ajudam a tratar cólicas, perda de apetite e problemas digestivos.

Chá de raiz de alcaçuz

iStock / keithferrisphoto

Como um chá, a raiz de alcaçuz é naturalmente doce e - para quem gosta do doce - tem o mesmo sabor maravilhoso. Também tem uma história quase antiga como erva curativa, com benefícios atribuídos que variam desde a cura de dores de estômago e úlceras até propriedades antivirais. Embora muitos desses benefícios ainda não tenham sido comprovados cientificamente, sem dúvida, os pesquisadores ocidentais reconhecem alguns benefícios para a saúde no consumo de alcaçuz. Apenas esteja avisado: a erva pode interagir com certos medicamentos, por isso é aconselhável que as pessoas consultem seu médico antes de tornar o chá parte de sua rotina regular de saúde.

Valerian Tea

Wikimedia Commons / Raulbot

Muitas pessoas confiam neste chá não tão delicioso como um meio de acalmar os nervos e ter um sono melhor e mais repousante. É comumente combinado com outras ervas que induzem o sono, como camomila e passiflora, em misturas de chá vendidas especificamente como soníferos. Feito da raiz da planta valeriana, o chá é uma ótima maneira de obter os benefícios da erva sem ter que se preocupar com os potenciais efeitos colaterais das formas mais fortes de pílulas e tintura. Mas, como acontece com o chá de raiz de alcaçuz, é melhor consultar seu médico antes de consumir esta bebida para evitar interações potencialmente ruins que ela possa ter com outros medicamentos que você toma.


10 chás de ervas que podem curar você apresentação de slides - receitas

Muitas pessoas bebem café ou usam suplementos para ficarem alertas e concentrados ao longo do dia e ajudar na retenção da memória. Embora o café seja a bebida preferida de muitos pela manhã, o chá continua a ser a bebida mais popular em todo o mundo. Existem muitas ervas que podem ajudar a aguçar a acuidade mental, e muitas delas podem ser usadas em um chá para retenção e concentração da memória.

A falta de clareza mental pode ser causada por muitas coisas, incluindo estresse, abuso de substâncias, falta de sono, lesões, depressão, problemas médicos e muitos outros. Por essas razões, pode ser difícil determinar a eficácia de um chá para retenção e concentração da memória. Como os problemas de memória podem ser os primeiros sintomas de problemas de saúde, caso você tenha alguma alteração cognitiva, isso precisa ser informado ao seu médico, especialmente se forem recorrentes, persistentes ou graves. No entanto, para névoa mental ocasional, considere uma xícara de chá bem quente usando as sete ervas principais para melhorar sua memória, para ajudar você a começar com o pé direito.

1. Ginkgo Biloba: Provavelmente a erva mais conhecida em termos de aumentar a memória é o ginkgo. Os primeiros estudos mostraram a capacidade da erva de proteger as células nervosas e esse efeito positivo foi estudado em pacientes com Alzheimer e demência com resultados bastante poderosos. Ginkgo possui dois compostos diferentes que são considerados responsáveis ​​por esses efeitos, flavonóides e terpenóides, que são encontrados nas folhas da planta. Embora popular na forma de suplemento, o ginkgo também é um excelente chá para retenção da memória, e seus efeitos neurológicos positivos o tornam um constituinte popular em muitas receitas de chás de ervas.

2. Ginseng: O ginseng é talvez mais conhecido por fornecer um aumento de energia, mas na verdade pode ser um efeito colateral agradável relacionado ao aumento da acuidade mental. Em estudos anteriores, ratos de laboratório com ginseng foram capazes de navegar por labirintos de teste mais rapidamente do que aqueles que não foram, talvez apontando para a capacidade da erva de aguçar o foco mental.

3. Gotu Kola: Gotu Kola tem sido um grampo da medicina antiga no mundo oriental por centenas de anos. Esta erva é popularmente usada em um chá para retenção e concentração da memória e atua aumentando a circulação do sangue por todo o cérebro. Por sua vez, acredita-se que resultem em melhor clareza, foco, poder do cérebro, concentração e atenção.

4. Pervinca: Alguns dos compostos encontrados na pervinca estão relacionados aos encontrados em muitos medicamentos usados ​​para combater a demência e o mal de Alzheimer atualmente. A vincamina, uma substância química encontrada na pervinca, dilui o sangue e, portanto, permite um melhor fluxo sanguíneo e oxigenação para o cérebro. Além de aumentar o fluxo sanguíneo, compostos potentes de pervinca também ajudam a proteger os vasos sanguíneos e neutralizar os radicais livres encontrados no corpo, evitando maiores danos. A pervinca é um excelente complemento para um chá para retenção da memória e saúde geral como resultado.

5. Alecrim: A maioria das pessoas associa o alecrim com temperos saborosos. No entanto, o alecrim pode ajudar a reduzir o estresse e, portanto, melhorar a concentração. Pequenos estudos demonstraram que o alecrim pode ser capaz de neutralizar os altos níveis de cortisol no corpo, níveis elevados que podem contribuir para a perda de concentração e agitação. O alecrim é comum em muitas receitas de chás de ervas devido ao seu sabor único e familiar.

6. Chá Verde: O chá verde, que se refere ao nível de fermentação e não à cor da folha, é uma bebida incrivelmente popular, reverenciada por sua ajuda saudável de antioxidantes. Existem muitos benefícios para a saúde que foram explorados em relação ao chá verde, incluindo a acuidade mental. Por causa dos antioxidantes encontrados no chá verde, muitos pensam que a bebida é capaz de neutralizar os efeitos nocivos e oxidantes dos radicais livres, que podem impactar negativamente a função mental em primeiro lugar. Este chá é um chá excelente para melhorar a memória, o que também não falta em termos de outros benefícios para a saúde.

7. Rhodiola Rosea: Embora a erva não tenha os estudos que muitas outras voltadas para o foco mental fazem, a rhodiola rosea tem sido usada na medicina antiga para melhorar a memória e o foco há muito tempo. Também conhecida como raiz dourada, e além de melhorar o foco e a concentração, a erva também tem sido associada ao combate aos sintomas da depressão.

As bebidas fermentadas têm nos acordado e nos mantido focados por muito tempo. Mas, o chá brilha onde o café embota, pois algumas das folhas e ervas mais ricas em antioxidantes também podem fornecer outros benefícios saudáveis, incluindo a prevenção de danos neurológicos pelos radicais livres. Antes de tomar qualquer remédio fitoterápico, converse com seu médico para garantir que ele seja seguro para você e não interaja com qualquer medicamento que esteja tomando ou com problemas de saúde que possa ter. Um chá para retenção e concentração da memória está a apenas uma xícara de água quente de distância, e estudos empolgantes comprovam os benefícios das ervas que foram desfrutados na medicina antiga por milhares de anos.


10 chás de ervas que podem curar você apresentação de slides - receitas

Muitas pessoas bebem café ou usam suplementos para ficarem alertas e concentrados ao longo do dia e ajudar na retenção da memória. Embora o café seja a bebida preferida de muitos pela manhã, o chá continua a ser a bebida mais popular em todo o mundo. Existem muitas ervas que podem ajudar a aguçar a acuidade mental, e muitas delas podem ser usadas em um chá para retenção e concentração da memória.

A falta de clareza mental pode ser causada por muitas coisas, incluindo estresse, abuso de substâncias, falta de sono, lesões, depressão, problemas médicos e muitos outros. Por essas razões, pode ser difícil determinar a eficácia de um chá para retenção e concentração da memória. Como os problemas de memória podem ser os primeiros sintomas de problemas de saúde, caso você tenha alguma alteração cognitiva, isso precisa ser informado ao seu médico, especialmente se forem recorrentes, persistentes ou graves. No entanto, para névoa mental ocasional, considere uma xícara de chá bem quente usando as sete ervas principais para melhorar sua memória, para ajudar você a começar com o pé direito.

1. Ginkgo Biloba: Provavelmente a erva mais conhecida em termos de fornecer um impulso de memória é o ginkgo. Os primeiros estudos mostraram a capacidade da erva de proteger as células nervosas e esse efeito positivo foi estudado em pacientes com Alzheimer e demência com resultados bastante poderosos. Ginkgo possui dois compostos diferentes que são considerados responsáveis ​​por esses efeitos, flavonóides e terpenóides, que são encontrados nas folhas da planta. Embora popular na forma de suplemento, o ginkgo também é um excelente chá para retenção da memória, e seus efeitos neurológicos positivos o tornam um constituinte popular em muitas receitas de chás de ervas.

2. Ginseng: O ginseng é talvez mais conhecido por fornecer um aumento de energia, mas na verdade pode ser um efeito colateral agradável relacionado ao aumento da acuidade mental. Em estudos anteriores, ratos de laboratório com ginseng foram capazes de navegar em labirintos de teste mais rapidamente do que aqueles que não eram, talvez apontando para a capacidade da erva de aguçar o foco mental.

3. Gotu Kola: Gotu Kola tem sido um grampo da medicina antiga no mundo oriental por centenas de anos. Esta erva é popularmente usada em um chá para retenção e concentração da memória e atua aumentando a circulação do sangue por todo o cérebro. Por sua vez, acredita-se que resultem em melhor clareza, foco, poder do cérebro, concentração e atenção.

4. Pervinca: Alguns dos compostos encontrados na pervinca estão relacionados aos encontrados em muitos medicamentos usados ​​para combater a demência e o mal de Alzheimer atualmente. A vincamina, uma substância química encontrada na pervinca, dilui o sangue e, portanto, permite um melhor fluxo sanguíneo e oxigenação para o cérebro. Além de aumentar o fluxo sanguíneo, compostos potentes de pervinca também ajudam a proteger os vasos sanguíneos e neutralizar os radicais livres encontrados no corpo, evitando maiores danos. A pervinca é um excelente complemento para um chá para retenção da memória e saúde geral como resultado.

5. Alecrim: A maioria das pessoas associa o alecrim com temperos saborosos. No entanto, o alecrim pode ajudar a reduzir o estresse e, portanto, melhorar a concentração. Pequenos estudos demonstraram que o alecrim pode ser capaz de neutralizar os altos níveis de cortisol no corpo, níveis elevados que podem contribuir para a perda de concentração e agitação. O alecrim é comum em muitas receitas de chás de ervas devido ao seu sabor único e familiar.

6. Chá Verde: O chá verde, que se refere ao nível de fermentação e não à cor da folha, é uma bebida incrivelmente popular, reverenciada por sua ajuda saudável de antioxidantes. Existem muitos benefícios para a saúde que foram explorados em relação ao chá verde, incluindo a acuidade mental. Por causa dos antioxidantes encontrados no chá verde, muitos pensam que a bebida é capaz de neutralizar os efeitos nocivos e oxidantes dos radicais livres, que podem impactar negativamente a função mental em primeiro lugar. Este chá é um chá excelente para melhorar a memória, o que também não falta em termos de outros benefícios para a saúde.

7. Rhodiola Rosea: Embora a erva não tenha os estudos que muitas outras voltadas para o foco mental fazem, a rhodiola rosea tem sido usada na medicina antiga para melhorar a memória e o foco há muito tempo. Também conhecida como raiz dourada, e além de melhorar o foco e a concentração, a erva também tem sido associada ao combate aos sintomas da depressão.

As bebidas fermentadas têm nos acordado e nos mantido focados por muito tempo. Mas, o chá brilha onde o café embota, pois algumas das folhas e ervas mais ricas em antioxidantes também podem fornecer outros benefícios saudáveis, incluindo a prevenção de danos neurológicos pelos radicais livres. Antes de tomar qualquer remédio fitoterápico, converse com seu médico para garantir que ele seja seguro para você e não interaja com qualquer medicamento que esteja tomando ou com problemas de saúde que possa ter. Um chá para retenção e concentração da memória está a apenas uma xícara de água quente de distância, e estudos empolgantes comprovam os benefícios das ervas que foram desfrutados na medicina antiga por milhares de anos.


10 chás de ervas que podem curar você apresentação de slides - receitas

Muitas pessoas bebem café ou usam suplementos para ficarem alertas e concentrados ao longo do dia e ajudar na retenção da memória. Embora o café seja a bebida preferida de muitos pela manhã, o chá continua a ser a bebida mais popular em todo o mundo. Existem muitas ervas que podem ajudar a aguçar a acuidade mental, e muitas delas podem ser usadas em um chá para retenção e concentração da memória.

A falta de clareza mental pode ser causada por muitas coisas, incluindo estresse, abuso de substâncias, falta de sono, lesões, depressão, problemas médicos e muitos outros. Por essas razões, pode ser difícil determinar a eficácia de um chá para retenção e concentração da memória. Como os problemas de memória podem ser os primeiros sintomas de problemas de saúde, caso você tenha alguma alteração cognitiva, isso precisa ser informado ao seu médico, especialmente se forem recorrentes, persistentes ou graves. No entanto, para névoa mental ocasional, considere uma xícara de chá bem quente usando as sete ervas principais para melhorar sua memória, para ajudar você a começar com o pé direito.

1. Ginkgo Biloba: Provavelmente a erva mais conhecida em termos de fornecer um impulso de memória é o ginkgo. Os primeiros estudos mostraram a capacidade da erva de proteger as células nervosas e esse efeito positivo foi estudado em pacientes com Alzheimer e demência com resultados bastante poderosos. Ginkgo possui dois compostos diferentes que são considerados responsáveis ​​por esses efeitos, flavonóides e terpenóides, que são encontrados nas folhas da planta. Embora popular na forma de suplemento, o ginkgo também é um excelente chá para retenção da memória, e seus efeitos neurológicos positivos o tornam um constituinte popular em muitas receitas de chás de ervas.

2. Ginseng: O ginseng é talvez mais conhecido por fornecer um aumento de energia, mas na verdade pode ser um efeito colateral agradável relacionado ao aumento da acuidade mental. Em estudos anteriores, ratos de laboratório com ginseng foram capazes de navegar por labirintos de teste mais rapidamente do que aqueles que não foram, talvez apontando para a capacidade da erva de aguçar o foco mental.

3. Gotu Kola: Gotu Kola tem sido um grampo da medicina antiga no mundo oriental por centenas de anos. Esta erva é popularmente usada em um chá para retenção e concentração da memória e atua aumentando a circulação do sangue por todo o cérebro. Por sua vez, acredita-se que resultem em melhor clareza, foco, poder do cérebro, concentração e atenção.

4. Pervinca: Alguns dos compostos encontrados na pervinca estão relacionados aos encontrados em muitos medicamentos usados ​​para combater a demência e o mal de Alzheimer atualmente. A vincamina, uma substância química encontrada na pervinca, dilui o sangue e, portanto, permite um melhor fluxo sanguíneo e oxigenação para o cérebro. Além de aumentar o fluxo sanguíneo, compostos potentes de pervinca também ajudam a proteger os vasos sanguíneos e neutralizar os radicais livres encontrados no corpo, evitando maiores danos. A pervinca é um excelente complemento para um chá para retenção da memória e saúde geral como resultado.

5. Alecrim: A maioria das pessoas associa o alecrim com temperos saborosos. No entanto, o alecrim pode ajudar a reduzir o estresse e, portanto, melhorar a concentração. Pequenos estudos demonstraram que o alecrim pode ser capaz de neutralizar os altos níveis de cortisol no corpo, níveis elevados que podem contribuir para a perda de concentração e agitação. O alecrim é comum em muitas receitas de chás de ervas devido ao seu sabor único e familiar.

6. Chá Verde: O chá verde, que se refere ao nível de fermentação e não à cor da folha, é uma bebida incrivelmente popular, reverenciada por sua ajuda saudável de antioxidantes. Existem muitos benefícios para a saúde que foram explorados em relação ao chá verde, incluindo a acuidade mental. Por causa dos antioxidantes encontrados no chá verde, muitos pensam que a bebida é capaz de neutralizar os efeitos nocivos e oxidantes dos radicais livres, que podem impactar negativamente a função mental em primeiro lugar. Este chá é um chá excelente para melhorar a memória, o que também não falta em termos de outros benefícios para a saúde.

7. Rhodiola Rosea: Embora a erva não tenha os estudos que muitas outras voltadas para o foco mental fazem, a rhodiola rosea tem sido usada na medicina antiga para melhorar a memória e o foco há muito tempo. Também conhecida como raiz dourada, e além de melhorar o foco e a concentração, a erva também tem sido associada ao combate aos sintomas da depressão.

As bebidas fermentadas vêm nos acordando e nos mantendo focados há muito tempo. Mas, o chá brilha onde o café embota, pois algumas das folhas e ervas mais ricas em antioxidantes também podem fornecer outros benefícios saudáveis, incluindo a prevenção de danos neurológicos pelos radicais livres. Antes de tomar qualquer remédio fitoterápico, converse com seu médico para garantir que ele seja seguro para você e não interaja com qualquer medicamento que esteja tomando ou com problemas de saúde que possa ter. Um chá para retenção e concentração da memória está a apenas uma xícara de água quente de distância, e estudos empolgantes comprovam os benefícios das ervas que foram desfrutados na medicina antiga por milhares de anos.


10 chás de ervas que podem curar você apresentação de slides - receitas

Muitas pessoas bebem café ou usam suplementos para ficarem alertas e concentrados ao longo do dia e ajudar na retenção da memória. Embora o café seja a bebida preferida de muitos pela manhã, o chá continua a ser a bebida mais popular em todo o mundo. Existem muitas ervas que podem ajudar a aguçar a acuidade mental, e muitas delas podem ser usadas em um chá para retenção e concentração da memória.

A falta de clareza mental pode ser causada por muitas coisas, incluindo estresse, abuso de substâncias, falta de sono, lesões, depressão, problemas médicos e muitos outros. Por essas razões, pode ser difícil determinar a eficácia de um chá para retenção e concentração da memória. Como os problemas de memória podem ser os primeiros sintomas de problemas de saúde, caso você tenha alguma alteração cognitiva, isso precisa ser informado ao seu médico, especialmente se forem recorrentes, persistentes ou graves. No entanto, para névoa mental ocasional, considere uma xícara de chá bem quente usando as sete ervas principais para melhorar sua memória, para ajudar você a começar com o pé direito.

1. Ginkgo Biloba: Provavelmente a erva mais conhecida em termos de fornecer um impulso de memória é o ginkgo. Os primeiros estudos mostraram a capacidade da erva de proteger as células nervosas e esse efeito positivo foi estudado em pacientes com Alzheimer e demência com resultados bastante poderosos. Ginkgo possui dois compostos diferentes que são considerados responsáveis ​​por esses efeitos, flavonóides e terpenóides, que são encontrados nas folhas da planta. Embora popular na forma de suplemento, o ginkgo também é um excelente chá para retenção da memória, e seus efeitos neurológicos positivos o tornam um constituinte popular em muitas receitas de chás de ervas.

2. Ginseng: O ginseng é talvez mais conhecido por fornecer um aumento de energia, mas na verdade pode ser um efeito colateral agradável relacionado ao aumento da acuidade mental. Em estudos anteriores, ratos de laboratório com ginseng foram capazes de navegar em labirintos de teste mais rapidamente do que aqueles que não eram, talvez apontando para a capacidade da erva de aguçar o foco mental.

3. Gotu Kola: Gotu Kola tem sido um grampo da medicina antiga no mundo oriental por centenas de anos. Esta erva é popularmente usada em um chá para retenção e concentração da memória e atua aumentando a circulação do sangue por todo o cérebro. Por sua vez, acredita-se que resultem em melhor clareza, foco, poder do cérebro, concentração e atenção.

4. Pervinca: Alguns dos compostos encontrados na pervinca estão relacionados aos encontrados em muitos medicamentos usados ​​para combater a demência e o mal de Alzheimer atualmente. A vincamina, uma substância química encontrada na pervinca, dilui o sangue e, portanto, permite um melhor fluxo sanguíneo e oxigenação para o cérebro. Além de aumentar o fluxo sanguíneo, compostos potentes de pervinca também ajudam a proteger os vasos sanguíneos e neutralizar os radicais livres encontrados no corpo, evitando maiores danos. A pervinca é um excelente complemento para um chá para retenção da memória e saúde geral como resultado.

5. Alecrim: A maioria das pessoas associa o alecrim com temperos saborosos. No entanto, o alecrim pode ajudar a reduzir o estresse e, portanto, melhorar a concentração. Pequenos estudos demonstraram que o alecrim pode ser capaz de neutralizar os altos níveis de cortisol no corpo, níveis elevados que podem contribuir para a perda de concentração e agitação. O alecrim é comum em muitas receitas de chás de ervas devido ao seu sabor único e familiar.

6. Chá Verde: O chá verde, que se refere ao nível de fermentação e não à cor da folha, é uma bebida incrivelmente popular, reverenciada por sua ajuda saudável de antioxidantes. Existem muitos benefícios para a saúde que foram explorados em relação ao chá verde, incluindo a acuidade mental. Por causa dos antioxidantes encontrados no chá verde, muitos pensam que a bebida é capaz de neutralizar os efeitos nocivos e oxidantes dos radicais livres, que podem impactar negativamente a função mental em primeiro lugar. Este chá é um chá excelente para melhorar a memória, o que também não falta em termos de outros benefícios para a saúde.

7. Rhodiola Rosea: Embora a erva não tenha os estudos que muitas outras voltadas para o foco mental fazem, a rhodiola rosea tem sido usada na medicina antiga para melhorar a memória e o foco há muito tempo. Também conhecida como raiz dourada, e além de melhorar o foco e a concentração, a erva também tem sido associada ao combate aos sintomas da depressão.

As bebidas fermentadas têm nos acordado e nos mantido focados por muito tempo. Mas, o chá brilha onde o café embota, pois algumas das folhas e ervas mais ricas em antioxidantes também podem fornecer outros benefícios saudáveis, incluindo a prevenção de danos neurológicos pelos radicais livres. Antes de tomar quaisquer medicamentos fitoterápicos, converse com seu médico para garantir que são seguros para você e não irão interagir com quaisquer medicamentos que esteja tomando ou com problemas de saúde que possa ter. Um chá para retenção e concentração da memória está a apenas uma xícara de água quente de distância, e estudos empolgantes comprovam os benefícios das ervas que foram desfrutados na medicina antiga por milhares de anos.


10 chás de ervas que podem curar você apresentação de slides - receitas

Muitas pessoas bebem café ou usam suplementos para ficarem alertas e concentrados ao longo do dia e ajudar na retenção da memória. Embora o café seja a bebida preferida de muitos pela manhã, o chá continua a ser a bebida mais popular em todo o mundo. Existem muitas ervas que podem ajudar a aguçar a acuidade mental, e muitas delas podem ser usadas em um chá para retenção e concentração da memória.

A falta de clareza mental pode ser causada por muitas coisas, incluindo estresse, abuso de substâncias, falta de sono, lesões, depressão, problemas médicos e muitos outros. Por essas razões, pode ser difícil determinar a eficácia de um chá para retenção e concentração da memória. Como os problemas de memória podem ser os primeiros sintomas de problemas de saúde, caso você tenha alguma alteração cognitiva, isso precisa ser informado ao seu médico, especialmente se forem recorrentes, persistentes ou graves. No entanto, para névoa mental ocasional, considere uma xícara de chá bem quente usando as sete ervas principais para melhorar sua memória, para ajudar você a começar com o pé direito.

1. Ginkgo Biloba: Provavelmente a erva mais conhecida em termos de fornecer um impulso de memória é o ginkgo. Os primeiros estudos mostraram a capacidade da erva de proteger as células nervosas e esse efeito positivo foi estudado em pacientes com Alzheimer e demência com resultados bastante poderosos. Ginkgo possui dois compostos diferentes que são considerados responsáveis ​​por esses efeitos, flavonóides e terpenóides, que são encontrados nas folhas da planta. Embora popular na forma de suplemento, o ginkgo também é um excelente chá para retenção da memória, e seus efeitos neurológicos positivos o tornam um constituinte popular em muitas receitas de chás de ervas.

2. Ginseng: O ginseng é talvez mais conhecido por fornecer um aumento de energia, mas na verdade pode ser um efeito colateral agradável relacionado ao aumento da acuidade mental. Em estudos anteriores, ratos de laboratório com ginseng foram capazes de navegar por labirintos de teste mais rapidamente do que aqueles que não foram, talvez apontando para a capacidade da erva de aguçar o foco mental.

3. Gotu Kola: Gotu Kola tem sido um grampo da medicina antiga no mundo oriental por centenas de anos. Esta erva é popularmente usada em um chá para retenção e concentração da memória e atua aumentando a circulação do sangue por todo o cérebro. Por sua vez, acredita-se que resultem em melhor clareza, foco, poder do cérebro, concentração e atenção.

4. Pervinca: Alguns dos compostos encontrados na pervinca estão relacionados aos encontrados em muitos medicamentos usados ​​para combater a demência e o mal de Alzheimer atualmente. A vincamina, uma substância química encontrada na pervinca, dilui o sangue e, portanto, permite um melhor fluxo sanguíneo e oxigenação para o cérebro. Além de aumentar o fluxo sanguíneo, compostos potentes de pervinca também ajudam a proteger os vasos sanguíneos e neutralizar os radicais livres encontrados no corpo, evitando maiores danos. A pervinca é um excelente complemento para um chá para retenção da memória e saúde geral como resultado.

5. Alecrim: A maioria das pessoas associa o alecrim com temperos saborosos. No entanto, o alecrim pode ajudar a reduzir o estresse e, portanto, melhorar a concentração. Pequenos estudos demonstraram que o alecrim pode ser capaz de neutralizar os altos níveis de cortisol no corpo, níveis elevados que podem contribuir para a perda de concentração e agitação. O alecrim é comum em muitas receitas de chás de ervas devido ao seu sabor único e familiar.

6. Chá Verde: O chá verde, que se refere ao nível de fermentação e não à cor da folha, é uma bebida incrivelmente popular, reverenciada por sua ajuda saudável de antioxidantes. Existem muitos benefícios para a saúde que foram explorados em relação ao chá verde, incluindo a acuidade mental. Por causa dos antioxidantes encontrados no chá verde, muitos pensam que a bebida é capaz de neutralizar os efeitos nocivos e oxidantes dos radicais livres, que podem impactar negativamente a função mental em primeiro lugar. Este chá é um chá excelente para melhorar a memória, o que também não falta em termos de outros benefícios para a saúde.

7. Rhodiola Rosea: Embora a erva não tenha os estudos que muitas outras voltadas para o foco mental fazem, a rhodiola rosea tem sido usada na medicina antiga para melhorar a memória e o foco há muito tempo. Também conhecida como raiz dourada, e além de melhorar o foco e a concentração, a erva também tem sido associada ao combate aos sintomas da depressão.

As bebidas fermentadas vêm nos acordando e nos mantendo focados há muito tempo. Mas, o chá brilha onde o café embota, pois algumas das folhas e ervas mais ricas em antioxidantes também podem fornecer outros benefícios saudáveis, incluindo a prevenção de danos neurológicos pelos radicais livres. Antes de tomar quaisquer medicamentos fitoterápicos, converse com seu médico para garantir que sejam seguros para você e não interagirão com quaisquer medicamentos que esteja tomando ou com problemas de saúde que possa ter. Um chá para retenção e concentração da memória está a apenas uma xícara de água quente de distância, e estudos empolgantes comprovam os benefícios das ervas que foram desfrutados na medicina antiga por milhares de anos.


10 chás de ervas que podem curar você apresentação de slides - receitas

Muitas pessoas bebem café ou usam suplementos para ficarem alertas e concentrados ao longo do dia e ajudar na retenção da memória. Embora o café seja a bebida preferida de muitos pela manhã, o chá continua a ser a bebida mais popular em todo o mundo. Existem muitas ervas que podem ajudar a aguçar a acuidade mental, e muitas delas podem ser usadas em um chá para retenção e concentração da memória.

A falta de clareza mental pode ser causada por muitas coisas, incluindo estresse, abuso de substâncias, falta de sono, lesões, depressão, problemas médicos e muitos outros. Por essas razões, pode ser difícil determinar a eficácia de um chá para retenção e concentração da memória. Como os problemas de memória podem ser os primeiros sintomas de problemas de saúde, caso você tenha alguma alteração cognitiva, isso precisa ser informado ao seu médico, especialmente se forem recorrentes, persistentes ou graves. No entanto, para névoa mental ocasional, considere uma xícara de chá bem quente usando as sete ervas principais para melhorar sua memória, para ajudar você a começar com o pé direito.

1. Ginkgo Biloba: Likely the most well known herb in terms of providing a memory boost is ginkgo, early studies have shown the herb’s ability to protect nerve cells, and this positive effect has been studied in Alzheimer’s and dementia patients with pretty powerful results. Ginkgo boasts two different compounds that are thought to be responsible for these effects, flavonoids and terpenoids, which are both found in the leaves of the plant. Although popular in supplement form, ginkgo also makes an excellent tea for memory retention, and its positive neurological effects make it a popular constituent in many herbal tea recipes.

2. Ginseng: Ginseng is perhaps best known for providing an energy boost, but this may actually be a pleasant side effect related to enhanced mental acuity. In early studies, lab mice on ginseng were able to navigate test mazes more quickly than those who were not, perhaps pointing to the herb’s ability to sharpen mental focus.

3. Gotu Kola: Gotu Kola has been a staple of ancient medicine in the Eastern world for hundreds of years. This herb is popularly used in a tea for memory retention and focus and works by boosting the circulation of blood throughout the brain. In turn, better clarity, focus, brain power, concentration and attention span are all thought to result.

4. Periwinkle: Some of the compounds found in periwinkle are related to those found in many medications used for combating dementia and Alzheimer’s today. Vincamine, a chemical found in periwinkle, thins the blood and hence allows for better blood flow and oxygenation to the brain. In addition to boosting blood flow, potent periwinkle compounds also help protect blood vessels and counteract free radicals found in the body, preventing further damage. Periwinkle is an excellent addition to a tea for memory retention and overall health as a result.

5. Rosemary: Most people associate rosemary with savory seasoning. However, rosemary can help reduce stress and therefore improve concentration. Small studies have shown that rosemary may be able to counteract high cortisol levels in the body, high levels which can contribute to a loss of focus and agitation. Rosemary is common in many herbal tea recipes due to its unique and familiar flavor.

6. Green Tea: Green tea, which refers to fermentation level not leaf color, is an incredibly popular beverage that is revered for its healthy heaping helping of antioxidants. There are many health benefits that have been explored in relation to green tea, including mental acuity. Because of the antioxidants found in green tea, many think that the brew is able to counteract the damaging, oxidizing effects of free radicals, which can negatively impact mental function in the first place. This tea is a superb tea for memory enhancement which is not lacking in terms of other health benefits either.

7. Rhodiola Rosea: Although the herb lacks the studies that many others geared towards mental focus do, rhodiola rosea has been used in ancient medicine for improving memory and focus for a long time. Also known as golden root, and in addition to improving focus and concentration, the herb has also been associated with combating the symptoms of depression.

Brewed beverages have been waking us up and keeping us focused for a very long time. But, tea shines where coffee dulls in that some of the most antioxidant rich leaves and herbs can also provide other healthful benefits, including preventing neurological damage by free radicals. Before taking any herbal remedies, discuss them with your health care provider to ensure that they are safe for you and will not interact with any medications that you are taking or health conditions that you may have. A tea for memory retention and focus is just a cup of hot water away, and exciting studies back the herbal benefits that have been enjoyed in ancient medicine for thousands of years.


10 Herbal Teas That Can Heal You Slideshow - Recipes

Many people drink coffee or use supplements to help them stay alert and focused throughout the day and help with memory retention. While coffee is the morning drink of choice for many, tea remains the most popular beverage the world over. There are many herbs that can help sharpen mental acuity, and many of them can be used in a tea for memory retention and focus.

A lack of mental clarity can be caused by many things including stress, substance abuse, lack of sleep, injury, depression, medical conditions and many others. For these reasons, it may be difficult to determine how effective a tea for memory retention and focus may be. Because memory problems can be early symptoms of health conditions, should you experience any cognitive changes, this needs to be brought up with your health care provider, especially if they are recurring, persistent or severe. However, for occasional mental fog, consider a piping hot cup of tea using the top seven herbs for improving your memory, to help start you on the right foot.

1. Ginkgo Biloba: Likely the most well known herb in terms of providing a memory boost is ginkgo, early studies have shown the herb’s ability to protect nerve cells, and this positive effect has been studied in Alzheimer’s and dementia patients with pretty powerful results. Ginkgo boasts two different compounds that are thought to be responsible for these effects, flavonoids and terpenoids, which are both found in the leaves of the plant. Although popular in supplement form, ginkgo also makes an excellent tea for memory retention, and its positive neurological effects make it a popular constituent in many herbal tea recipes.

2. Ginseng: Ginseng is perhaps best known for providing an energy boost, but this may actually be a pleasant side effect related to enhanced mental acuity. In early studies, lab mice on ginseng were able to navigate test mazes more quickly than those who were not, perhaps pointing to the herb’s ability to sharpen mental focus.

3. Gotu Kola: Gotu Kola has been a staple of ancient medicine in the Eastern world for hundreds of years. This herb is popularly used in a tea for memory retention and focus and works by boosting the circulation of blood throughout the brain. In turn, better clarity, focus, brain power, concentration and attention span are all thought to result.

4. Periwinkle: Some of the compounds found in periwinkle are related to those found in many medications used for combating dementia and Alzheimer’s today. Vincamine, a chemical found in periwinkle, thins the blood and hence allows for better blood flow and oxygenation to the brain. In addition to boosting blood flow, potent periwinkle compounds also help protect blood vessels and counteract free radicals found in the body, preventing further damage. Periwinkle is an excellent addition to a tea for memory retention and overall health as a result.

5. Rosemary: Most people associate rosemary with savory seasoning. However, rosemary can help reduce stress and therefore improve concentration. Small studies have shown that rosemary may be able to counteract high cortisol levels in the body, high levels which can contribute to a loss of focus and agitation. Rosemary is common in many herbal tea recipes due to its unique and familiar flavor.

6. Green Tea: Green tea, which refers to fermentation level not leaf color, is an incredibly popular beverage that is revered for its healthy heaping helping of antioxidants. There are many health benefits that have been explored in relation to green tea, including mental acuity. Because of the antioxidants found in green tea, many think that the brew is able to counteract the damaging, oxidizing effects of free radicals, which can negatively impact mental function in the first place. This tea is a superb tea for memory enhancement which is not lacking in terms of other health benefits either.

7. Rhodiola Rosea: Although the herb lacks the studies that many others geared towards mental focus do, rhodiola rosea has been used in ancient medicine for improving memory and focus for a long time. Also known as golden root, and in addition to improving focus and concentration, the herb has also been associated with combating the symptoms of depression.

Brewed beverages have been waking us up and keeping us focused for a very long time. But, tea shines where coffee dulls in that some of the most antioxidant rich leaves and herbs can also provide other healthful benefits, including preventing neurological damage by free radicals. Before taking any herbal remedies, discuss them with your health care provider to ensure that they are safe for you and will not interact with any medications that you are taking or health conditions that you may have. A tea for memory retention and focus is just a cup of hot water away, and exciting studies back the herbal benefits that have been enjoyed in ancient medicine for thousands of years.


10 Herbal Teas That Can Heal You Slideshow - Recipes

Many people drink coffee or use supplements to help them stay alert and focused throughout the day and help with memory retention. While coffee is the morning drink of choice for many, tea remains the most popular beverage the world over. There are many herbs that can help sharpen mental acuity, and many of them can be used in a tea for memory retention and focus.

A lack of mental clarity can be caused by many things including stress, substance abuse, lack of sleep, injury, depression, medical conditions and many others. For these reasons, it may be difficult to determine how effective a tea for memory retention and focus may be. Because memory problems can be early symptoms of health conditions, should you experience any cognitive changes, this needs to be brought up with your health care provider, especially if they are recurring, persistent or severe. However, for occasional mental fog, consider a piping hot cup of tea using the top seven herbs for improving your memory, to help start you on the right foot.

1. Ginkgo Biloba: Likely the most well known herb in terms of providing a memory boost is ginkgo, early studies have shown the herb’s ability to protect nerve cells, and this positive effect has been studied in Alzheimer’s and dementia patients with pretty powerful results. Ginkgo boasts two different compounds that are thought to be responsible for these effects, flavonoids and terpenoids, which are both found in the leaves of the plant. Although popular in supplement form, ginkgo also makes an excellent tea for memory retention, and its positive neurological effects make it a popular constituent in many herbal tea recipes.

2. Ginseng: Ginseng is perhaps best known for providing an energy boost, but this may actually be a pleasant side effect related to enhanced mental acuity. In early studies, lab mice on ginseng were able to navigate test mazes more quickly than those who were not, perhaps pointing to the herb’s ability to sharpen mental focus.

3. Gotu Kola: Gotu Kola has been a staple of ancient medicine in the Eastern world for hundreds of years. This herb is popularly used in a tea for memory retention and focus and works by boosting the circulation of blood throughout the brain. In turn, better clarity, focus, brain power, concentration and attention span are all thought to result.

4. Periwinkle: Some of the compounds found in periwinkle are related to those found in many medications used for combating dementia and Alzheimer’s today. Vincamine, a chemical found in periwinkle, thins the blood and hence allows for better blood flow and oxygenation to the brain. In addition to boosting blood flow, potent periwinkle compounds also help protect blood vessels and counteract free radicals found in the body, preventing further damage. Periwinkle is an excellent addition to a tea for memory retention and overall health as a result.

5. Rosemary: Most people associate rosemary with savory seasoning. However, rosemary can help reduce stress and therefore improve concentration. Small studies have shown that rosemary may be able to counteract high cortisol levels in the body, high levels which can contribute to a loss of focus and agitation. Rosemary is common in many herbal tea recipes due to its unique and familiar flavor.

6. Green Tea: Green tea, which refers to fermentation level not leaf color, is an incredibly popular beverage that is revered for its healthy heaping helping of antioxidants. There are many health benefits that have been explored in relation to green tea, including mental acuity. Because of the antioxidants found in green tea, many think that the brew is able to counteract the damaging, oxidizing effects of free radicals, which can negatively impact mental function in the first place. This tea is a superb tea for memory enhancement which is not lacking in terms of other health benefits either.

7. Rhodiola Rosea: Although the herb lacks the studies that many others geared towards mental focus do, rhodiola rosea has been used in ancient medicine for improving memory and focus for a long time. Also known as golden root, and in addition to improving focus and concentration, the herb has also been associated with combating the symptoms of depression.

Brewed beverages have been waking us up and keeping us focused for a very long time. But, tea shines where coffee dulls in that some of the most antioxidant rich leaves and herbs can also provide other healthful benefits, including preventing neurological damage by free radicals. Before taking any herbal remedies, discuss them with your health care provider to ensure that they are safe for you and will not interact with any medications that you are taking or health conditions that you may have. A tea for memory retention and focus is just a cup of hot water away, and exciting studies back the herbal benefits that have been enjoyed in ancient medicine for thousands of years.


10 Herbal Teas That Can Heal You Slideshow - Recipes

Many people drink coffee or use supplements to help them stay alert and focused throughout the day and help with memory retention. While coffee is the morning drink of choice for many, tea remains the most popular beverage the world over. There are many herbs that can help sharpen mental acuity, and many of them can be used in a tea for memory retention and focus.

A lack of mental clarity can be caused by many things including stress, substance abuse, lack of sleep, injury, depression, medical conditions and many others. For these reasons, it may be difficult to determine how effective a tea for memory retention and focus may be. Because memory problems can be early symptoms of health conditions, should you experience any cognitive changes, this needs to be brought up with your health care provider, especially if they are recurring, persistent or severe. However, for occasional mental fog, consider a piping hot cup of tea using the top seven herbs for improving your memory, to help start you on the right foot.

1. Ginkgo Biloba: Likely the most well known herb in terms of providing a memory boost is ginkgo, early studies have shown the herb’s ability to protect nerve cells, and this positive effect has been studied in Alzheimer’s and dementia patients with pretty powerful results. Ginkgo boasts two different compounds that are thought to be responsible for these effects, flavonoids and terpenoids, which are both found in the leaves of the plant. Although popular in supplement form, ginkgo also makes an excellent tea for memory retention, and its positive neurological effects make it a popular constituent in many herbal tea recipes.

2. Ginseng: Ginseng is perhaps best known for providing an energy boost, but this may actually be a pleasant side effect related to enhanced mental acuity. In early studies, lab mice on ginseng were able to navigate test mazes more quickly than those who were not, perhaps pointing to the herb’s ability to sharpen mental focus.

3. Gotu Kola: Gotu Kola has been a staple of ancient medicine in the Eastern world for hundreds of years. This herb is popularly used in a tea for memory retention and focus and works by boosting the circulation of blood throughout the brain. In turn, better clarity, focus, brain power, concentration and attention span are all thought to result.

4. Periwinkle: Some of the compounds found in periwinkle are related to those found in many medications used for combating dementia and Alzheimer’s today. Vincamine, a chemical found in periwinkle, thins the blood and hence allows for better blood flow and oxygenation to the brain. In addition to boosting blood flow, potent periwinkle compounds also help protect blood vessels and counteract free radicals found in the body, preventing further damage. Periwinkle is an excellent addition to a tea for memory retention and overall health as a result.

5. Rosemary: Most people associate rosemary with savory seasoning. However, rosemary can help reduce stress and therefore improve concentration. Small studies have shown that rosemary may be able to counteract high cortisol levels in the body, high levels which can contribute to a loss of focus and agitation. Rosemary is common in many herbal tea recipes due to its unique and familiar flavor.

6. Green Tea: Green tea, which refers to fermentation level not leaf color, is an incredibly popular beverage that is revered for its healthy heaping helping of antioxidants. There are many health benefits that have been explored in relation to green tea, including mental acuity. Because of the antioxidants found in green tea, many think that the brew is able to counteract the damaging, oxidizing effects of free radicals, which can negatively impact mental function in the first place. This tea is a superb tea for memory enhancement which is not lacking in terms of other health benefits either.

7. Rhodiola Rosea: Although the herb lacks the studies that many others geared towards mental focus do, rhodiola rosea has been used in ancient medicine for improving memory and focus for a long time. Also known as golden root, and in addition to improving focus and concentration, the herb has also been associated with combating the symptoms of depression.

Brewed beverages have been waking us up and keeping us focused for a very long time. But, tea shines where coffee dulls in that some of the most antioxidant rich leaves and herbs can also provide other healthful benefits, including preventing neurological damage by free radicals. Before taking any herbal remedies, discuss them with your health care provider to ensure that they are safe for you and will not interact with any medications that you are taking or health conditions that you may have. A tea for memory retention and focus is just a cup of hot water away, and exciting studies back the herbal benefits that have been enjoyed in ancient medicine for thousands of years.


10 Herbal Teas That Can Heal You Slideshow - Recipes

Many people drink coffee or use supplements to help them stay alert and focused throughout the day and help with memory retention. While coffee is the morning drink of choice for many, tea remains the most popular beverage the world over. There are many herbs that can help sharpen mental acuity, and many of them can be used in a tea for memory retention and focus.

A lack of mental clarity can be caused by many things including stress, substance abuse, lack of sleep, injury, depression, medical conditions and many others. For these reasons, it may be difficult to determine how effective a tea for memory retention and focus may be. Because memory problems can be early symptoms of health conditions, should you experience any cognitive changes, this needs to be brought up with your health care provider, especially if they are recurring, persistent or severe. However, for occasional mental fog, consider a piping hot cup of tea using the top seven herbs for improving your memory, to help start you on the right foot.

1. Ginkgo Biloba: Likely the most well known herb in terms of providing a memory boost is ginkgo, early studies have shown the herb’s ability to protect nerve cells, and this positive effect has been studied in Alzheimer’s and dementia patients with pretty powerful results. Ginkgo boasts two different compounds that are thought to be responsible for these effects, flavonoids and terpenoids, which are both found in the leaves of the plant. Although popular in supplement form, ginkgo also makes an excellent tea for memory retention, and its positive neurological effects make it a popular constituent in many herbal tea recipes.

2. Ginseng: Ginseng is perhaps best known for providing an energy boost, but this may actually be a pleasant side effect related to enhanced mental acuity. In early studies, lab mice on ginseng were able to navigate test mazes more quickly than those who were not, perhaps pointing to the herb’s ability to sharpen mental focus.

3. Gotu Kola: Gotu Kola has been a staple of ancient medicine in the Eastern world for hundreds of years. This herb is popularly used in a tea for memory retention and focus and works by boosting the circulation of blood throughout the brain. In turn, better clarity, focus, brain power, concentration and attention span are all thought to result.

4. Periwinkle: Some of the compounds found in periwinkle are related to those found in many medications used for combating dementia and Alzheimer’s today. Vincamine, a chemical found in periwinkle, thins the blood and hence allows for better blood flow and oxygenation to the brain. In addition to boosting blood flow, potent periwinkle compounds also help protect blood vessels and counteract free radicals found in the body, preventing further damage. Periwinkle is an excellent addition to a tea for memory retention and overall health as a result.

5. Rosemary: Most people associate rosemary with savory seasoning. However, rosemary can help reduce stress and therefore improve concentration. Small studies have shown that rosemary may be able to counteract high cortisol levels in the body, high levels which can contribute to a loss of focus and agitation. Rosemary is common in many herbal tea recipes due to its unique and familiar flavor.

6. Green Tea: Green tea, which refers to fermentation level not leaf color, is an incredibly popular beverage that is revered for its healthy heaping helping of antioxidants. There are many health benefits that have been explored in relation to green tea, including mental acuity. Because of the antioxidants found in green tea, many think that the brew is able to counteract the damaging, oxidizing effects of free radicals, which can negatively impact mental function in the first place. This tea is a superb tea for memory enhancement which is not lacking in terms of other health benefits either.

7. Rhodiola Rosea: Although the herb lacks the studies that many others geared towards mental focus do, rhodiola rosea has been used in ancient medicine for improving memory and focus for a long time. Also known as golden root, and in addition to improving focus and concentration, the herb has also been associated with combating the symptoms of depression.

Brewed beverages have been waking us up and keeping us focused for a very long time. But, tea shines where coffee dulls in that some of the most antioxidant rich leaves and herbs can also provide other healthful benefits, including preventing neurological damage by free radicals. Before taking any herbal remedies, discuss them with your health care provider to ensure that they are safe for you and will not interact with any medications that you are taking or health conditions that you may have. A tea for memory retention and focus is just a cup of hot water away, and exciting studies back the herbal benefits that have been enjoyed in ancient medicine for thousands of years.